Dourados – MS terça, 25 de junho de 2024
23º
UEMS - Pantanal
Judiciário

Próximo da aposentadoria, desembargador Júlio Cardoso recebe homenagem surpresa

A sessão teve início normalmente, enquanto os convidados de honra aguardavam no saguão do plenário

22 Mai 2024 - 18h45Por Secom/TJMS
Próximo da aposentadoria, desembargador Júlio Cardoso recebe homenagem surpresa - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Uma homenagem surpresa marcou a despedida do desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso da atividade jurisdicional durante a sessão da 4ª Câmara Cível de ontrem, dia 21 de maio. Com a presença de dois ex-governadores do Estado, autoridades dos três poderes estaduais e municipais, a celebração emocionou o desembargador que agradeceu a mobilização e o gesto de carinho de amigos e colegas de profissão.

A sessão teve início normalmente, enquanto os convidados de honra aguardavam no saguão do plenário. Após uma sustentação oral, o presidente do colegiado, dsembargador Alexandre Bastos, autorizou a entrada dos "alunos universitários" que foram assistir a sessão, quando, na verdade, adentrou a comitiva de autoridades e de amigos para homenagear o desembargador, lotando o plenário do Tribunal Pleno do TJMS.

O desembargador Júlio Cardoso foi convidado então a ocupar lugar de honra para assistir a um vídeo contendo fotos da sua trajetória, pessoal e profissional, ao longo dos 40 anos atuando como magistrado, inclusive com a apresentação do seu discurso de posse em 5 de abril de 1984.

Em seguida, uma comitiva de autoridades de Aparecida do Taboado entregou o título de Cidadão Honorário Aparecidense ao homenageado. Logo após, a Câmara Municipal de Campo Grande, representada pelos vereadores Carlão, Willian Maksoud e Silvio Pitu, entregou-lhe a Medalha Legislativa Mérito da Justiça ‘Àguia de Haia’ - Comenda Rui Barbosa. Na sequência, a Assembleia Legislativa, na figura de seu presidente, deputado Gerson Claro, presenteou-o com a Moção de Congratulação e Aplausos.

O presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Jerson Domingos, exaltou o exemplo de pessoa e magistrado que o desembargador representa para o MS como um todo. “O Estado é quem lhe homenageia nesse momento. Presta cumprimentos não só ao profissional, mas também ao homem. Sou muito orgulhoso de ter o privilégio de ser amigo do Júlio”.

“Hoje celebramos sempre a passagem, aquilo que fizemos durante a vida, e o legado construído. O senhor construiu um grande legado por onde passou. Vimos aqui representantes dos municípios de Aparecida do Taboado, Paranaíba, Dourados, Campo Grande. Por onde passou, o senhor deixou sua marca e fez isso também no âmbito do Poder Judiciário. Receba em nome do Ministério Público do Mato Grosso do Sul todas as homenagens e a gratidão eterna por tudo o que fez”, disse o procurador-geral de Justiça Romão Avila Milhan.

Para o deputado Gerson Claro, a personalidade equilibrada do desembargador destaca-se no cenário atual. “O desembargador Júlio é uma demonstração de que a vida, apesar de ser dura, é linda. Só uma celebração na despedida que faz a gente sentir o que foi a sua vida como homem, como jurista, membro da magistratura e ser humano. A gente tem hoje uma sociedade de muita angústia e muita pressa e às vezes falta muito bom senso e equilíbrio. Na serenidade de Vossa Excelência a gente só pode retratar que é disso que precisamos atualmente”.

O presidente da OAB/MS, Bitto Pereira, ressaltou o fato de tantas pessoas estarem presentes na homenagem. “Já vi muitas solenidades de posse com auditórios lotados, mas de despedida com a presença de pessoas do Estado todo é para poucos, somente para aqueles que tratam as pessoas com gentileza, generosidade e carinho. O senhor é um exemplo de magistrado”.

O desembargador João Maria Lós, representando o presidente do TJMS, desembargador Sérgio Fernandes Martins, reforçou aos presentes o caráter correto do homenageado durante sua judicância. “Essa cerimônia é uma verdadeira coroa da sua carreira. Somente pessoas como você, Júlio, merecem e recebem. Isso é fruto do seu comportamento ao longo de todos esses anos. Você não faz distinção em que é pobre ou rico, poderoso ou humilde, você sempre dispensou o mesmo tratamento para todos, e agora colhe os frutos com essa homenagem. Agora, vira-se essa página da sua história e toca-se em frente, enfrentando novos combates, novas esperanças e novas conquistas”.

O homenageado do dia, desembargador Júlio Cardoso, por sua vez, agradeceu a todos os amigos, servidores e colegas de profissão que se fizeram presentes, principalmente àqueles que vieram de outras cidades para a celebração. “É muito reconfortante estar com todos vocês. Minha vida é um livro de 75 páginas que completo dia 16, e 40 delas foram escritas aqui, nesse Estado que escolhi”. 

O magistrado também fez um agradecimento especial à família. “Com uma esposa, três filhos, e seis netos, o que mais poderia desejar da minha vida, se não o reconhecimento ao esforço que vocês tiveram ao me acompanharem nesse Estado que, por 40 anos, me serviu de casa”.

Carreira – Nomeado para exercer o cargo de Juiz Substituto na comarca de Dourados em 1984. Em 5 de dezembro de 1984 tomou posse como Juiz substituto da comarca de Itaporã, sendo que nessa condição atuou em Fátima do Sul, Maracaju e Glória de Dourados.

Em janeiro de 1985, tomou posse como juiz titular na comarca de Aparecida do Taboado, promovido por merecimento, tendo permanecido nessa comarca até 1987, quando novamente foi promovido, por merecimento, para a comarca de Paranaíba, sendo Juiz da 2ª Vara até 10 de abril de 1995, quando por fim, mais uma vez por merecimento, foi promovido à entrância especial, desta vez à Comarca de Campo Grande, onde atuou junto à 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Figurou por duas vezes em listas de votação por merecimento ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, tendo sido promovido, por merecimento, em abril de 2009.

Ao longo do período como desembargador, Júlio Cardoso fez parte da composição e presidiu a 5ª e 4ª Câmara Cível, além da 4ª Seção Cível. Também compôs a Seção Especial Cível e o Órgão Especial. Nos 15 anos na Corte sul-mato-grossense, o Des. Júlio Cardoso julgou 36.180 processos e proferiu 15.827 despachos de mero expediente. Ao todo, participou de 1.032 sessões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público
Gestão Pública

Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público

24/06/2024 22:15
Governo de MS discute práticas inovadoras na gestão de pessoas do setor público
Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60
Junho Prata

Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60

24/06/2024 22:00
Detran-MS abordou saúde, direitos, atendimento e políticas inclusivas para público 60
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão
Inclusivo

Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão

24/06/2024 20:30
Em projeto para "60+" apoiado pelo Governo, abraço acolhe e atividades ajudam afastar depressão
TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico
Judiciário

TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico

24/06/2024 20:15
TJMS já realizou mais de 8,8 mil comunicações ao Domicílio Judicial Eletrônico
Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira
Dourados

Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira

24/06/2024 19:00
Prefeitura realiza formação sobre as Relações Étnico-Raciais e de Gênero nesta terça-feira
Últimas Notícias