Dourados – MS domingo, 16 de junho de 2024
24º
Judiciário

Banda da Apae tocará em abertura do Congresso sobre Regularização Fundiária do TJMS

O evento terá início no dia 6 de junho, às 8h30, na sede da OAB/MS

23 Mai 2024 - 12h45Por Secom/TJMS
Banda da Apae tocará em abertura do Congresso sobre Regularização Fundiária do TJMS - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O coordenador do programa Lar Legal MS, desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, visitou a Apae da Capital, na última terça-feira, dia 21 de maio, oportunidade em que fez o convite para que a Banda Cedeg-Apae Campo Grande-MS participe da abertura do 1º Congresso Brasileiro de Regularização Fundiária Judicial e Extrajudicial, sobretudo para entoar o Hino Nacional. O evento terá início no dia 6 de junho, às 8h30, na sede da OAB/MS.

O desembargador Luiz Tadeu, ao lado do presidente da Comissão de Regularização Fundiária da OAB/MS, Victor Salomão Paiva, e do gerente de Regularização Fundiária da Agehab, Madson Romão, assistiram ao ensaio da Banda da Apae, que entoou o Hino Nacional, além de músicas pantaneiras. Também estava presente a diretoria da Apae, em especial o presidente Luiz César Nocera; o coordenador-geral Nilo Sérgio Laureano Leme; o diretor técnico Alberto Cubel Brull; a diretora pedagógica Helciane Franco Marinho Silva; e a supervisora administrativa Ângela de Lima Oliveira Castro.

A APAE completará 57 anos de existência e de grande prestação de serviço em Campo Grande, destacando-se, inclusive em âmbito nacional, pelo seu complexo de atividades, principalmente culturais e esportivas.

O coordenador do Programa Lar Legal destacou a grandeza do complexo da Apae de Campo Grande e o apego e a perseverança de seus dirigentes, sempre motivados para a inclusão social dos mais de 310 alunos atendidos na instituição. Concluiu dizendo, ainda, da certeza do sucesso da apresentação da Banda na abertura do Congresso, no dia 6 de junho.

Saiba mais – O 1º Congresso Brasileiro de Regularização Fundiária Judicial e Extrajudicial é uma iniciativa do TJMS em referência à Semana de Conscientização e Mobilização do “Solo Seguro e Favela” do CNJ.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, desde o ano de 2023, tem levado a todos os municípios do Estado uma forma rápida e eficaz de regularização dos imóveis ocupados por famílias em núcleos habitacionais consolidados, desde que os moradores provem a posse mansa, pacífica e ininterrupta, sem qualquer oposição, há cinco ou mais anos.

O encontro tratará justamente da simplificação do procedimento de regularização fundiária às famílias de baixa renda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração
Gestão Pública

Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração

16/06/2024 13:30
Titular da SAD representa MS em fórum nacional de secretários de Administração
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Promoção funcional

Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade

16/06/2024 13:15
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena
Loteria

Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena

16/06/2024 11:30
Ninguém acerta as seis dezenas na Mega-Sena
Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques
Hoje é Dia

Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques

16/06/2024 10:30
Imigração japonesa, seca e cinema brasileiro são destaques
Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia
Direitos humanos

Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia

16/06/2024 06:45
Senado realizará terceira edição do Prêmio Adoção Tardia
Últimas Notícias