Dourados – MS segunda, 03 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Campanha Parcelamento Conta
Vila Progresso

Rua estreita trava trânsito e gera riscos de acidentes

15 Jun 2016 - 18h00
Rua é estreita e é mão dupla. Foto: Hédio Fazan - Rua é estreita e é mão dupla. Foto: Hédio Fazan -
Estreita, de mão dupla e com forte fluxo de veículos, a Rua Gustavo Adolfo Pavel, na Vila Progresso, reúne todas as condições para gerar graves acidentes. Situado em região central de Dourados, o trecho é passagem e acesso de trabalhadores, moradores, além de estudantes, pais e professores que precisam chegar e sair de unidades educacionais localizadas nas proximidades. Por causa disso, o trânsito fica ainda mais perigoso nos horários das 7h às 11h e das 13h às 17h.


Dezenas de moradores que residem nas proximidades entraram em contato com a redação para reclamar das dificuldades e dos riscos de passar pelo local, principalmente aqueles que precisam buscar as crianças nas escolas. Além de veículos de passeio, motocicletas, bicicletas e carroças em forte fluxo, no local também passam caminhões e ônibus escolares. Para a comunidade local seria importante uma intervenção imediata da Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Dourados (Agetran) no sentido de analisar a possível transformação da rua em mão única. A medida seria importante para prevenir acidentes e até mesmo mortes.

#### Agetran
Em contato com O PROGRESSO, o diretor da Agetran, Mito Gebara disse que, no momento, as equipes estão ocupadas com o trabalho para a passagem da Tocha Olímpica em Dourados, mas que depois deste período (dia 26) iriam analisar a solicitação.

### Mortes no Trânsito


Até abril deste ano o trânsito de Dourados já havia matado 11 pessoas, vítimas de acidentes. O número tem quatro registros a mais que os três primeiros meses do ano juntos. A constatação é feita com base nos registros da imprensa para o mês de abril e no relatório do Setor de Estatísticas do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em Dourados sobre janeiro, fevereiro e março. Os dados oficiais de 2015 apontavam 4 mortes de trânsito no mês de abril. Com as 11 ocorrências em 2016, o mês vigente tem aumento de 175% nos óbitos no trânsito. Se a comparação for feita com os primeiros três meses do ano, o aumento é de 57% em apenas um mês.


Segundo dados do Detran, os meses de janeiro a março registraram 7 mortes, uma a mais que o mesmo período de 2015. O número de acidentes nos três meses também aumentou. De 513 no ano passado para 558 em 2016, algo em torno de 9%.

Deixe seu Comentário