Dourados – MS sexta, 23 de julho de 2021
Dourados
30º max
14º min
Variedades

Preço do etanol vai começar a cair nas próximas semanas

31 Mar 2011 - 19h10
Marcos Jank, presidente da Unica
 - Crédito: Foto: Darlan Alvarenga/G1Marcos Jank, presidente da Unica - Crédito: Foto: Darlan Alvarenga/G1
O presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), Marcos Jank, afirmou nesta quinta-feira (31) que os preços do etanol devem começar a cair já nas próximas semanas com o início da moagem da safra 2011/2012.

“Nos próximos dias, com a entrada da próxima safra [da cana-de-açúcar], os preços vão cair, sem dúvida nenhuma, mas a flutuação continuará sendo muito forte”, declarou.

Segundo ele, o álcool hidratado deve ganhar maior competitividade a partir da segunda quinzena de abril. “Já temos 46 unidades produzindo e acreditamos que até meados de abril teremos 60% das usinas do país em moagem”.

Jank destacou que a demanda do etanol cresce a um ritmo maior do que a oferta e nega que o desequilíbrio seja provocado pela migração da produção de etanol para açúcar. “A migração que houve foi de apenas 4% a 5% da produção de cana. O problema é que vínhamos crescendo a 10% ao ano até 2008 e passamos a crescer apenas 3%. Temos que produzir mais cana para fazer tanto etanol quanto açúcar”.

Preço da gasolina

O presidente da Unica também atribuiu ao controle do preço da gasolina a perda de competitividade do etanol nos últimos meses. “A flutuação do preço do etanol aqui no Brasil é bem inferior ao preço do petróleo lá fora. Se a gasolina refletisse o preço do petróleo no mercado internacional, também haveria muita reclamação em relação à flutuação dos preços”.

Segundo Jank, em razão do preço da gasolina ser controlado pela Petrobras, o preço do combustível está estável desde 2005.

Caso não ocorra novos investimentos na produção de cana-de-açúcar, a Unica prevê déficit de 200 milhões de toneladas de cana de açúcar na safra 2015/2016 e de cerca de 400 milhões de toneladas em 2020/2021. A previsão leva em conta a manutenção do atual nível de crescimento da demanda. “Trata-se de uma crise estrutural”, disse o presidente da entidade.

Apesar de a quantidade de moagem de cana-de-açúcar ter dobrado no período de 2002 a 2008, o incremento na produção de etanol nos últimos anos ficou abaixo da demanda gerada pelo aumento do número de veículos flex.

\"Nós chegamos a atender 90% da frota flex. No ano passado atendemos 50%. A projeção desse ano é de 45% e se nada for feito estamos falando em 37% em 2020\", destacou o diretor técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues.


#####Produção de etanol
A entidade disse nesta quinta que a produção de etanol na safra 2011/2012 deverá atingir 25,51 bilhões de litros, um aumento de 0,52% em relação à ultima safra. De acordo com estimativa da Unica, a moagem do pau prevista para a nova safra, que começa oficialmente em abril, é de 568,50 milhões de toneladas, crescimento de 2,11% em relação ao total processado na safra anterior.

Para que o país possa ter um novo ciclo de crescimento da produção, a Unica defende investimentos em novas unidades produtores e políticas que deem maior competitividade ao etanol como menor tributação, investimentos em infraestrutura e em tecnologia que elevem a eficiência dos motores flex. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário
IMPRESSO

Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário

05/07/2021 13:00
Câncer em cães e gatos é cada vez mais comum, afirma veterinário
Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size
MERECIDO

Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size

30/04/2021 14:59
Sul-mato-grossense é eleita Miss Universo Plus Size
Últimas Notícias