Dourados – MS segunda, 01 de março de 2021
Dourados
35º max
22º min
Influx
Dourados

Polícia Militar perde 70% das ligações por falhas nas linhas

07 Jun 2016 - 17h00
Centro Integrado de Operações da Polícia Militar  recebe 2 mil ligações por mês em Dourados - Centro Integrado de Operações da Polícia Militar recebe 2 mil ligações por mês em Dourados -
A Polícia Militar de Dourados está perdendo 70% das ligações que chegam no serviço de emergência (190) por falhas das operadoras de telefonia. O problema é que o usuário faz a ligação e o telefone não toca no Centro Integrado de Operações. Outro problema é que há linhas "fantasmas" que redirecionam a ligação para outros municípios ou até mesmo para outros serviços. O problema é grave, principalmente porque é no momento de emergência que as pessoas acionam o serviço.

O problema foi apontado pelo Conselho Institucional de Segurança Pública de Dourados (Coised) durante reunião na última sexta-feira com o secretário de Segurança Pública José Carlos Barbosa.
De acordo com o Conselho, o problema maior acontece nos finais de semana, quando as linhas ficam congestionadas devido ao alto número de ligações. Por mês são mais de 2 mil ligações ao serviço 190.

Em Campo Grande o problema se repete. Com mais de 135 mil ligações por mês, apenas 30% chega até o conhecimento da Polícia Militar. Em Dourados, o secretário de Segurança Pública disse que vai se reunir com os responsáveis pelas operadoras em mato Grosso do Sul para cobrar providências. Conforme as forças policiais a empresa atende ainda por sistema analógico.

Além do problema telefônico, a PM tem déficit de 150 policiais militares e mais de 40 viaturas, entre carros e motocicletas. Pelos números apresentados, a cidade de Dourados tem 1 policial a cada 1.030 habitantes. Em comparação com o índice populacional, Dourados está em desvantagem a batalhões de outros municípios. Em Três Lagoas, por exemplo, há 1 policial a cada 696 habitantes; em Ponta Porã, há 1 policial a cada 732 e em Naviraí há 1 policial a cada grupo de 463 pessoas.

Deixe seu Comentário