Dourados – MS sexta, 10 de julho de 2020
Dourados
26º max
10º min
Pets

PSB defende crescimento com qualidade em MS

15 Fev 2016 - 07h00
Encontro do PSB, realizado na sexta-feira, em Campo Grande, reuniu várias lideranças políticas. - Crédito: Foto: DivulgaçãoEncontro do PSB, realizado na sexta-feira, em Campo Grande, reuniu várias lideranças políticas. - Crédito: Foto: Divulgação
As principais lideranças do PSB em Mato Grosso do Sul defenderam na sexta-feira (12), durante ato de filiação em Campo Grande, uma estratégia de crescimento gradativo com qualidade, sem, no entanto, se preocupar apenas com a quantidade de sua militância.


O tom do discurso foi dado pela presidente regional do partido, deputada federal Tereza Cristina Corrêa da Costa, e pelo deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha, durante o ato político que lotou o plenário da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).


Durante o evento, várias lideranças políticas da capital e do interior assinaram a ficha de filiação ao partido, entre as quais, o diretor-presidente do Detran, Gerson Claro, o ex-prefeito de Sonora, Luiz Carlos Simões, e o ex-vice-prefeito de Sidrolândia, Nelson Feitosa, todos egressos do PDT.


Além de dar boas vindas aos novos filiados, Tereza Cristina aproveitou o ato para falar sobre o processo de transformação partidária, lembrando que assumiu o PSB num processo de transição turbulento e de divergências internas de algumas de suas lideranças, no entanto, exaltou o rumo de crescimento que o partido tomou e as perspectivas de ampliar a sua representatividade nas instâncias municipais e regional.


Ela fez um apelo à sociedade para que, em vez de viver apenas criticando políticos por meio das redes sociais, contribua de alguma forma participando das discussões políticas do país, sobretudo, de campanhas eleitorais em busca de cargos eletivos.


Barbosinha disse se sentir honrado pertencer a um partido que participa de grandes debates nacionais e regionais e que tem tudo para crescer com qualidade em Mato Grosso do Sul.


Ao falar do compromisso do PSB com o desenvolvimento do Estado, o deputado lembrou o apoio do partido ao governo de Reinaldo Azambuja (PSDB) na Assembleia Legislativa, o qual, segundo ele, tem dado a sua parcela de contribuição.


Barbosinha avaliou que se a crise é forte no plano nacional, em Mato Grosso do Sul não é vista como a mesma proporção por conta do setor do agronegócio, base de sustentação do Estado.


Ele defendeu o diálogo franco em favor da continuidade da parceria com os aliados, no entanto, usou a cautela para dizer que o PSB não será subserviente.


Barbosinha elogiou o processo de transformação do PSB pelas mãos de Tereza Cristina e previu boas perspectivas de futuro.


“O PSB é um partido que vai aumentar a sua representatividade sem usar o ombro de ninguém como escada”, estocou o socialista, ao destacar também a atuação de Tereza Cristina na Câmara dos Deputados.

Militância


Entre os filiados, o nome de Gerson Claro foi o mais elogiado pelos presentes. O deputado estadual Beto Pereira (PSDB) observou que, a exemplo do diretor do Detran, também deixou os quadros do PDT devido a divergências internas.


Disse que Gerson saiu de uma família humilde de Itaporã para morar em Sidrolândia, onde foi professor de história e hoje é advogado e especialista em gestão pública.


“O PSB ganha uma grande liderança, o Gerson teve um único partido na vida que foi o PDT, a quem ele entregou o seu conhecimento e o comprometimento ético. Confesso que quando me filiei ao PDT passou pelo convite do Gerson, mas entendi que quando a política passa de ser partidária para ser um projeto individual há ruptura, fazendo com que o partido perdesse muitas lideranças”, colocou Beto Pereira, em referência indireta ao deputado federal Dagoberto Nogueira, presidente regional da legenda.


Em seu discurso, Gerson retribuiu um a um os elogios e fez questão de destacar a atuação do secretário Sérgio de Paula (Casa Civil), que prestigiou o encontro representando o governador Reinaldo Azambuja.


Ele prometeu trabalho aguerrido à frente da nova legenda, garantindo que não chega apenas como mais um soldado, mas como um militante que irá para as ruas levar os projetos do partido e ideal socialista.


O diretor do Detran evitou falar da convivência no PDT, partido pelo qual foi militante há cerca de 28 anos. “Toda ruptura é drástica, tem um trauma, mas não quero lembrar disso, ingresso no PSB não como um soldado, mas como um militante”, disse, sob aplausos.


Ex-diretor da Assomasul, Gerson defendeu a aprovação do pacto federativo como forma de impedir que os prefeitos fiquem de pires nas mãos na dependência de verbas federais.


O dirigente criticou a nova estrutura da política brasileira, mas tentou minimizar mesmo diante do cenário de crise porque passa o país. “Eu não acredito em crise, acredito em criatividade. O pior crime é a omissão. Ninguém faz mudanças no sofá de casa e em rodinha de tereré, é aqui no debate”, encerrou, ao se colocar à disposição de Barbosinha e das lideranças do partido para cumprir o que for determinado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Adoção de Pets

Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social

28/05/2020 15:31
Adoção de animais domésticos é opção em meio ao isolamento social
Últimas Notícias