Dourados – MS quinta, 25 de fevereiro de 2021
Dourados
34º max
24º min
Influx
OAB

Evento com desfile reúne mães advogadas nesta quinta-feira

11 Mai 2016 - 17h27
Evento com desfile reúne mães advogadas nesta quinta-feira -
Um evento em comemoração ao mês das mães advogadas acontece nesta quinta à noite com início as 19h na 4ª subseção OAB/MS e a grande atração é um desfile temático com foco no movimento hippie hold. O movimento foi um comportamento coletivo de busca da liberdade dos anos 60 e 70. Uma das frases associadas a este movimento foi a célebre máxima "paz e amor", que precedeu a expressão "ban the bomb" ("proíbam a bomba"), a qual criticava o uso de armas nucleares.


De acordo com a presidente da Comissão da Mulher Advogada Edna Bonelli, o desfile não terá divisão por categoria, justamente para preservar o principio da igualdade. Mulheres advogadas de todas as idades e biotipos participarão do desfile, até mesmo mulheres gravidas. Além do desfile de modas com mulheres advogadas haverá apresentação cultural com as internas do semi-aberto feminino de Dourados e um coquetel com sorteio de brindes. O evento é dirigido a todas as advogadas e esposas de advogados e comemora o Mês das Mães.


Ontem além da presidente da Comissão Edna Bonelli, estiveram na redação de O Progresso: a vice, Adriana Lazari, a tesoureira Tatiana Ribeiro e as advogadas que compõem a Comissão: Luciana Ramires, Camilla Miotto, Tânia Hajj, Rose Rizzo.


De acordo com a presidente da Comissão a mulher advogada atua em todas as áreas da advocacia, cível, família, trabalhista, providenciaria, criminalista. "Não existe uma especialidade que conta com maior numero de advogadas, hoje elas se especializam e atuam em todas as áreas", disse a presidente Edna Bonelli.


O evento que comemora o mês das mães advogadas já é tradicional em Dourados como lembram as advogadas. "O desfile por exemplo, trata-se na realidade de uma quebra de paradigmas, o que se busca é a igualdade com destaque para a advogada mulher, não importa se é magra ou está acima do peso, o que importa é que ela é mulher advogada", disse Edna.


Segundo Edna as mulheres realmente conseguiram seu espaço na advocacia e hoje são respeitadas por juizes, promotores, clientes e toda a sociedade. "Existe ainda uma certa discriminação mas nada que signifique uma barreira em função do exercício da profissão por uma mulher advogada", informou Edna.


As mulheres, segundo Edna tem muito o que co-memorar neste sentido e comemoram também o fato de muitos clientes escolherem uma mulher para que possam defende-los. "Isso significa um grande avanço, hoje além das mulheres serem tratadas em condições de igualdade na advocacia, os próprios homens estão bem mais conscientes e confiantes em nosso trabalho", encerrou Edna.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares
Dia a Dia

Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares

30/01/2021 10:25
Abandono de animais aumenta na pandemia e bichos não encontram lares
Vacina Antirrábica

CCZ terá três pontos de vacinação antirrábica no sábado

26/11/2020 16:45
PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos
Polícia

PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos

19/11/2020 16:21
PRF recupera em Três Lagoas veículo roubado há cinco anos
Últimas Notícias