Dourados – MS segunda, 26 de outubro de 2020
Dourados
28º max
20º min
Influx
Variedades

O discípulo inconstante

29 Jun 2011 - 07h35

Em qualquer ramo de atividade, para evoluir, o iniciante deve saber que todo começo é áspero devido à ignorância do trabalho a executar. Pouco a pouco vai tomando conhecimento dos detalhes de cada setor e, com perseverança e boa vontade, conseguirá ficar senhor da situação e, assim, poderá desempenhar bem o trabalho a que dispuser fazer. Se quiser evoluir, sair desse trabalho e optar por outra profissão mais compensadora tem que se esforçar nos estudos, treinamentos e, se tiver perseverança, um dia terá o coroamento de seu desejo. Mas se descuidar do tempo e não tiver a persistência necessária, ficará até o fim de seus dias fazendo serviços subalternos. Isto, em qualquer atividade.


Na Doutrina acontece a mesma coisa. O iniciante assiste reuniões agradáveis e esclarecedoras, fica extasiado com palestras edificantes e, num arroubo juvenil solicita ingresso no grupamento daquelas pessoas que “lidam com os espíritos”. Compromete-se a trabalhar com firmeza. Passam-se os dias, as sessões lhe tornam sem maiores atrativos, pois que na maior parte das vezes constituem-se de doutrinação de sofredores e, ele que era entusiasta, passa a descuidar-se da freqüência. Vê médiuns “prontos” a receber espíritos elevados e a transmitir lições úteis. A inveja toma conta de seus pensamentos.

Deseja receber espíritos do mesmo padrão sem compreender que para isso demanda esforço e como disse Jesus, “jejum e oração”, bem como uma vida regrada e o cultivo da caridade. Não se dispõe a isso. Põe-se preza fácil de espíritos vadios e, de descuido em descuido; de faltas seguidas às reuniões; de julgamento dos médiuns e do grupo a que pertence perde longo tempo sem aproveitamento da mediunidade de que é portador.

Seu desejo de receber grandes orientações se desfaz em revolta, inveja e reclamações. Julga-se injustiçado, pois, se tem mediunidade, por que só recebe espíritos sofredores a lhe deixar ressabio? E, nesse estado de espírito, torna-se presa fácil da obsessão, pois todo pensamento negativo atrai espíritos sofredores se não malévolos.



O discípulo perseverante procura vencer quaisquer barreiras que são muito comuns nos dias em que estão programados para alguma tarefa. O inconstante, porem, deixa de comparecer por nonadas. Passa a vida, vem a maturidade, a velhice e continua a tomar passes em toda oportunidade.

Deixou de aprender que o trabalhador fiel consegue, depois de algum tempo, auto-energizar-se; estará sempre em condições de receber a companhia dos bons espíritos e, em determinadas circunstâncias, até de “operar maravilhas”, no dizer evangélico. O inconstante, no entanto, passa a encarnação sem aproveitá-la; sem acertar as dívidas do passado e estaciona a própria evolução. Na próxima encarnação terá que repetir os ensinamentos e, talvez, em condições menos favoráveis. Sua infidelidade de agora acarretará dificuldades futuras.



Assim sendo, depois que “pegarmos na charrua, não olhemos para traz”. Muitos nos julgam fanáticos por sermos constantes apesar dos fatos, mas quem deseja evoluir sem paradas terá que agir assim. A evolução é lenta, muito lenta, mas se tivermos estacionamentos sucessivos, muito mais demorará até chegarmos à condição de anjos que um dia seremos haja o que houver, façamos o que fizermos.

Isso é inexorável. Parece difícil, mas com o tempo a gente acostuma, inclusive a receber reproches de amigos e familiares por agirmos assim. Quem avança um pouquinho torna-se causa de julgamentos menos gentis. Mas a consciência, presença de Deus em nós, nos guiará.

######*Medico. Escreve às 4ªs feiras no O Progresso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Água na Lua

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua

26/10/2020 16:27
Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Biketerapia

Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados

26/10/2020 13:20
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Últimas Notícias