Dourados – MS sexta, 30 de outubro de 2020
Dourados
26º max
18º min
Influx
Variedades

Indiana Bajaj desiste de produzir carro de US$ 2,5 mil com a Renault

15 Jul 2011 - 12h28
Tata Nano - Crédito: Foto: AFPTata Nano - Crédito: Foto: AFP
A montadora indiana Bajaj Auto anunciou que vai abandonar o projeto para desenvolver um carro de ultra baixo custo com o grupo franco-nipônico Renault Nissan. Depois de anos de negociações, as companhias anunciaram em 2009 que eles esperavam trazer o carro de US$ 2,5 mil ao mercado em 2012. Há meses o projeto chamado de ULC (Ultra Low Cost) é adiado por desentendimentos na parceria.

A responsabilidade da Bajaj era projetar o modelo, enquanto o grupo Renault Nissan daria suporte na divulgação e vendas. A ideia era produzir um produto capaz de desafiar o indiano Tata Nano, o carro mais barato do mundo — ele custa US$ 2,9 mil.

"Não temos a intenção de entrar no negócio de baixa margem (segmento de automóveis)", disse durante o anúncio o diretor da Bajaj Auto, Rajiv Bajaj. A fabricante indiana é especializada na produção de triciclos. "De 2007 até 2009, nós tínhamos um plano inicial com a Renault Nissan para desenvolver um carro pequeno de baixo custo que seria como o Nano," disse, ao acrescentar que o CEO do grupo Renault Nissan, Carlos Ghosn, já tinha sido informado sobre a decisão.

Em junho, a o diretor da Renault Índia, Marc Nassif, disse que o grupo só seguiria com o projto se a qualidade do produto correspondesse ao “DNA” da empresa. Caso não conseguisse, o grupo iria "fazer algo diferente", acrescentou o executivo ao sublinhar que a Renault não tinha feito nenhum investimento no projeto.

Nesta sexta-feira (15), um porta-voz da Renault disse que a empresa não comentará sobre o anúncio da Bajaj.

No lugar do automóvel de baixo custo, a Bajaj afirmou que vai apresentar um veículo comercial de baixo custo no Salão de Nova Delhi. De acordo com a empresa, o foco agora serpa o segmento comercial, para transporte de pessoas e de mercadorias.

ULC pegaria carona com o Tata Nano

Com alvo no mercado popular indiano, o ULC seria fabricado em uma nova unidade industrial, instalada na cidade de Chakan, com capacidade inicial de produção de 400 mil unidades por ano. Em 2008, a projeção da Renault era de que as vendas do modelo começassem em 2011, na Índia. Após a consolidação no mercado indiano, o carro seria vendido em outros mercados emergentes.

Assim como o Tata Nano, o modelo teria capacidade para quatro pessoas. Na Índia, o desafio dos fabricantes de automóveis é concorrer com as motocicletas, que custam, no máximo, US$ 1,9 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Água na Lua

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua

26/10/2020 16:27
Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Biketerapia

Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados

26/10/2020 13:20
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Últimas Notícias