Dourados – MS quarta, 21 de abril de 2021
Dourados
33º max
18º min
Influx - Campanha 2021
Variedades

Harmônicos

03 Fev 2016 - 09h59
Harmônicos -
Foi muito bem recebido esse compromisso do governador Reinaldo Azambuja em baixar as alíquotas de alguns produtos assim que a crise econômica der uma trégua. A fala foi registrada ontem de manhã na Assembleia Legislativa, durante sessão solene em que marcou a volta ao trabalho dos deputados.


Além disso, ele exaltou a parceria que mantém com os parlamentares desde quando assumiu o governo e que vai acompanhar de perto a formação de novos blocos na Casa. Ele sabe que essa harmonia com o Legislativo é fundamental para o sucesso de sua gestão.

##### Lado a lado


Aliás, na reabertura dos trabalhos do Legislativo Estadual, ouviu-se de tudo no plenário da Assembleia Legislativa sul-mato-grossense. Até a defesa da aproximação do PT com o PSDB, adversários ferrenhos no espectro político estadual.


Quem apareceu com a proposta foi o petista Amarildo Cruz. Discursando em nome da reduzida bancada de oposição, Cruz avaliou ser “salutar” as duas legendas atuarem em sintonia daqui para frente em prol da “saúde financeira” do estado. É ver para crer!

##### Mãos à obra


Os desafios do governo tucano para tirar Mato Grosso do Sul do atoleiro não são pequenos. Só para se ter uma ideia da dimensão dos problemas, mais de 30 municípios estão em situação de emergência decretada por causa dos estragos das chuvas. Tem casos que comunidades inteiras estão isoladas da sede de seus municípios por causa das pontes que foram levadas pelas águas.


Diante desse caos, o governador prometeu resolver todos esses problemas e restabelecer a normalidade para garantir segurança a todos os moradores dessas localidades.

##### Reação


A Assembleia Legislativa promete recorrer da decisão da Justiça Federal que proibiu a continuidade dos trabalhos da CPI do Cimi, criada para investigar denúncias de suposta incitação, pelo Conselho Indigenista Missionário, de ocupações indígenas no estado.


A presidente da CPI, deputada Mara Caseiro (PMB), afirmou na terça-feira que a Comissão vai recorrer do veredito dado pelo juiz Pedro Pereira dos Santos acerca da questão. Em seu despacho, o juiz alega que a Assembleia não tem legitimidade para atuar em investigação do gênero, que é de alçada unicamente federal.

Deixe seu Comentário