Dourados – MS sexta, 18 de setembro de 2020
Dourados
33º max
19º min
AEDES AEGYPTI

Com mosquito adaptado, cuidados com o Aedes devem ser redobrados

09 Mai 2016 - 10h40
Combate a dengue continua em Dourados, mesmo com o tempo frio; meta é não dar trégua ao mosquito. - Crédito: Foto: Divulgação/A. FrotaCombate a dengue continua em Dourados, mesmo com o tempo frio; meta é não dar trégua ao mosquito. - Crédito: Foto: Divulgação/A. Frota
Cada vez mais adaptado às condições climáticas, o Aedes aegypti pode se reproduzir e desenvolver também durante o inverno. Dessa forma, a Prefeitura de Dourados através da Secretaria Municipal de Saúde alerta que os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus devem continuar redobrados.

"Antes ele não aparecia no inverno, mas hoje já consegue se reproduzir e desenvolver normalmente, em menor quantidade, mas normalmente. Então, os cuidados devem ser mantidos", explica a coordenadora do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) da prefeitura e bióloga, Rosana Alexandre da Silva.

A coordenadora lembra que a fêmea do Aedes pode ter acasalado no calor e após isso vai depositando os ovos, não todos de uma vez, sempre procurando um local favorável, que é aquele em que tem água parada. A partir do momento em que ela depositou os ovos, é necessário tempo para maturação.

No entanto, pode ficar até 400 dias esperando a melhor oportunidade para isso. "Caso fique aquela água parada, não evapore ou ninguém elimine, vai começar o desenvolvimento, que passa pelo estágio larvário, pupa e posteriormente transforma num adulto e dissemina as doenças", explica Rosana.

Ela lembra que apesar dos esforços da prefeitura, realizando o bloqueio químico com borrifação de inseticidas, trabalho educativo de conscientização e multas mais rigorosas para quem cuida dos quintais, o papel diário de cada cidadão é o mais importante. Isso porque a vigilância feita diariamente em casa é o que pode eliminar os criadouros e onde não há mosquito, não há como transmitir as doenças.

Os cuidados que devem ser tomados são simples, basta manter os quintais ou terrenos bastante limpos e eliminar quaisquer recipientes com água parada. Ficar atento a locais que podem acumular água para não deixar que isso aconteça. Com o hábito criado e envolvimento da família, fica fácil contribuir para as ações contra o Aedes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

há 5 dias atrás
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias