Dourados – MS terça, 15 de junho de 2021
Dourados
27º max
11º min
Quadros

Humberto Espíndola expõe arte da bovinocultura no Energisa

25 Abr 2016 - 06h00
Da esquerda para a direita, as telas “Carro-de-boi”, da série “Cupins”, “Búfalos Kadiwéu” e da série “Pavilhão” do artista plástico Humberto Espíndola. - Crédito: Foto: Elvio LopesDa esquerda para a direita, as telas “Carro-de-boi”, da série “Cupins”, “Búfalos Kadiwéu” e da série “Pavilhão” do artista plástico Humberto Espíndola. - Crédito: Foto: Elvio Lopes
O artista plástico Humberto Espíndola é o tema da mais recente exposição no Espaço Energisa, em Campo Grande, onde estão à mostra 14 telas de diversos tamanhos e cores marcantes, com base em seu trabalho de reconhecimento nacional e internacional, que tem por tema a bovinocultura. A mostra, que tem como curadora Yara Penteado, está aberta até o final de maio e sucede exposições de outros renomados artistas sul-mato-grossenses.


Humberto Espíndola tem suas raízes plantadas na Capital, mas seus trabalhos estão espalhados pelo mundo e, em sua carreira, se apropriou do belo, da energia que ergue cidades e marcou seu nome com uma expressão única sobre a bovinocultura. Chegou a ser citado em um livro de José Saramago e emprestou o seu brilho às Bienais de São Paulo, Colômbia, México, Equador e Veneza, além de outras exposições no exterior.



Na exposição no Espaço Energia, o artista apresenta grandes obras em pequenos formatos, com um panorama das temáticas que pertencem à história da sua bovinocultura, com 14 telas, das quais se destacam "Canga", em cores fortes e vibrantes, em acrílica, que mede 95x120 e a "Boiada", um grande trabalho em tela de 130x160.


Porém, se destacam também as telas menores, das séries "Rosa-boi", "Cupins", "Boi-bandeira" e "Pavilhão" e os trabalhos "Carro-de-boi" e "Búfalos Kadiwéu", que podem ser apreciadas pelo público de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h e aos sábados, das 8h às 13h, na Avenida Afonso Pena.

Referência


O primeiro artista a expor suas obras no Espaço Energia foi Ilton Silva, nascido em Ponta Porã e um artista premiado em diversos salões de artes, além de ter exposto seus trabalhos, individualmente, em outros países. Na sequência foi realizada a mostra de artes Naif de 13 artistas do Estado, que tem o autodidatismo como principal característica e, de dezembro do ano passado a março deste ano, foi a vez dos visitantes contemplarem as telas multicoloridas do artista baiano Isaac de Oliveira.


O Espaço Energia, além de incentivar o reconhecimento dos artistas regionais por meio de exposições de seus trabalhos, também se caracteriza com foto na responsabilidade social, cultural e ambiental e despertar nos visitantes o interesse pela cultura, trabalha a educação, por meio de informações sobre uso racional e seguro de energia elétrica.


A assessoria da Energisa reforça que o Espaço Energia é um ambiente permanente, aberto ao público, que permite aos visitantes a familiarização com as fontes geradoras de energia elétrica, experimentos físicos e noções de uso racional e seguro de energia.


No ano passado, cerca de 7.710 pessoas conheceram o Espaço Energia, entre alunos de escolas públicas e particulares, comunidades de baixa renda, grupos da Terceira Idade, crianças e adolescentes com Síndrome de Down e Transtornos Cognitivos, reforçando dessa forma o compromisso da empresa com a inclusão social.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Bebês e Crianças

Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS

17/05/2021 15:39
Cresce abuso de crianças do sexo masculino em MS
Últimas Notícias