Dourados – MS quarta, 05 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Bebês e Crianças

“Deuses do Egito”

26 Fev 2016 - 06h00
Filme traz a mitologia dos Deuses egípcios para as telonas, depois dos relativamente bem sucedidos “Fúria de Titãs” - Crédito: Foto: DivulgaçãoFilme traz a mitologia dos Deuses egípcios para as telonas, depois dos relativamente bem sucedidos “Fúria de Titãs” - Crédito: Foto: Divulgação
O filme “Deuses do Egito” é a estreia da semana no cinema do Shopping Avenida. A aventura pode ser conferida em versões dubladas e legendadas nas Salas 1 e 2, com vários horários.


A nova aposta de Hollywood em um produto que venda todo tipo de merchandising, de bonecos até vídeo games. Saído das mentes da dupla Matt Sazama e Burk Sharpless (que até parece um nome fictício), o filme traz a mitologia dos Deuses egípcios para as telonas, depois dos relativamente bem sucedidos “Fúria de Titãs” (2010 e 2012) – cujo foco eram as divindades gregas.


No Egito antigo, Deuses e homens convivem. O Deus Osiris (Bryan Brown) reina supremo, mas quando chega a hora de passar a coroa para seu filho Horus (Nikolaj Coster-Waldau, o Jamie Lannister de “Game of Thrones”), seu invejoso irmão Set (Gerard Butler) usurpa o trono, matando-o e banindo o sobrinho numa trama digna de “Hamlet”, ou “O Rei Leão” para os mais novos.


Tudo muda para o sofrido povo do Egito na regência do cruel Set. Agora, cabe ao ladrão Bek (Brenton Thwaites) se unir ao desgraçado Deus do Ar (Horus), para, entre outras coisas, trazer de volta à vida sua amada (papel da gracinha Courtney Eaton). Segundo análise do Cine Pop, fica difícil descrever a trama de “Deuses do Egito”, já que tanta coisa ocorre – muitas vezes ao mesmo tempo – sem desperdiçar tempo e caracteres.


O elenco chama a atenção do público. Como dito, Waldau, de “Game of Thrones,” é usado para impulsionar o filme no Brasil, apelando aos fãs da cultuada série. Além dele, Butler ecoa o Rei Leonidas (desta vez do mal), inclusive no comando de tropas que urram “ra-ul, ra-ul”, como em “300” (2007). Thwaites (“O Doador de Memórias”) é o jovem da vez, e a seu lado duas veteranas do fabuloso “Mad Max: Estrada da Fúria”, Courtney Eaton e Abbey Lee – duas das noivas fujonas de “Immortan Joe”. Elodie Yung (a Elektra da segunda temporada de “Demolidor”) vive a Deusa do Amor Hathor, e Chadwick Boseman (o Pantera Negra de “Capitão América: A Guerra Civil”) é o Deus da Inteligência Thoth. Isso sem contar Geoffrey Rush e Rufus Sewell. No comando da produção está Alex Proyas, diretor de “O Corvo” (1994) e “Cidade das Sombras” (1998), dois cults por excelência e seus melhores trabalhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Adoção na Pandemia

Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia

03/08/2020 16:25
Justiça se adapta para manter processos de adoção durante pandemia
Criança de Dourados representa o estado no Miss Brasil em Curitiba
Concurso

Criança de Dourados representa o estado no Miss Brasil em Curitiba

25/07/2020 11:03
Criança de Dourados representa o estado no Miss Brasil em Curitiba
Mãe que esperava trigêmeas descobre quarta filha 'surpresa' na hora do parto em maternidade de Manaus
Brasil

Mãe que esperava trigêmeas descobre quarta filha 'surpresa' na hora do parto em maternidade de Manaus

24/07/2020 09:34
Mãe que esperava trigêmeas descobre quarta filha 'surpresa' na hora do parto em maternidade de Manaus
Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
ESPECIAL DIA DAS MÃES

Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados

10/05/2020 09:17
Modernas, mães tornam-se influenciadoras digitais de sucesso em Dourados
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Covid-19

Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada

19/04/2020 10:23
Isolamento impõe desafios a pais separados com guarda compartilhada
Últimas Notícias