Dourados – MS quinta, 13 de maio de 2021
Dourados
26º max
14º min
Bebês e Crianças

Compositor Frédéric Chopin pode ter sofrido de epilepsia, diz estudo

25 Jan 2011 - 18h20
Chopin sofria com alucinações, hoje interpretadas
como sinais de epilepsia. - Crédito: Foto: AFP PhotoChopin sofria com alucinações, hoje interpretadas como sinais de epilepsia. - Crédito: Foto: AFP Photo
Um estudo divulgado na publicação científica \"Medical Humanities\" mostra que o compositor Frédéric Chopin pode ter sofrido de epilepsia. O artista polonês, vivo entre 1810 e 1849, conviveu com alucinações durante toda a vida, agora interpretadas pelos autores do artigo como sintomas da doença no lobo temporal, região do cérebro que controla emoções e a memória.

Os surtos de melancolia do músico sempre foram interpretados como consequência de distúrbios bipolares ou de depressão clinicamente comprovada. As alucinações, porém, nunca foram alvo de investigação minuciosa até agora.

A saúde de Chopin não era forte. Uma doença crônica no pulmão teria levado o artista à morte com apenas 39 anos. Especialistas defendem a possibilidade do compositor ter desenvolvido fibrose cística, uma doença que afeta o sistema respiratório. O diagnóstico é baseado no histórico familiar do artista.

Uma das histórias envolvendo Chopin e suas alucinações aconteceu durante uma apresentação em um salão privado na Inglaterra, em 1848. O polonês deixou o recinto, dizendo ter visto criaturas saindo do piano. O episódio é confirmado pelo crítico musical do \"Manchester Guardian\", nome anterior do jornal britânico \"The Guardian\".

Alucinações são comuns em muitas doenças psiquiátricas como a esquizofrenia, mas são compostas normalmente por vozes. No caso de Chopin, a associação com a epilepsia é comentada no artigo como difícil de ser feita pelos médicos à época do compositor, já que havia pouco conhecimento sobre a doença.

Deixe seu Comentário