Dourados – MS domingo, 16 de junho de 2024
24º
Saúde

Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19

Proposta é imunizar pelo menos 70 milhões de pessoas

25 Mai 2024 - 19h30Por Paula Laboissière, Agência Brasil - Brasília
Saúde lança nova campanha de vacinação contra covid-19
 - Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

Após receber a primeira remessa de doses atualizadas contra a covid-19, o Ministério da Saúde lançou uma nova campanha de vacinação contra a doença. A proposta é imunizar pelo menos 70 milhões de pessoas.

Na primeira quinzena de maio, o Brasil recebeu 9,5 milhões de doses atualizadas com a variante XBB.1.5. Em nota, o ministério informou que as vacinas estão em processo de distribuição aos estados, de acordo com o agendamento junto à operadora logística.

“Muitos estados já começaram a aplicar as vacinas monovalentes XBB. O primeiro lote começou a ser entregue no dia 9 de maio aos estados, que têm autonomia para começar a aplicação imediatamente.”

O quantitativo de doses, segundo a pasta, configura uma espécie de aquisição emergencial, suficiente para abastecer estados e municípios até que as próximas aquisições sejam concluídas.

“As primeiras doses possuem data de validade para os meses de junho e julho de 2024, inscrita nos frascos, mas estendida pela Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] para setembro e outubro de 2024, conforme recomendado por órgãos de avalição internacional.”

Nova vacina

De acordo com a pasta, o perfil de segurança da vacina covid-19 monovalente XBB é conhecido em razão do amplo uso em outros países e semelhante ao das versões bivalentes, “com a vantagem adicional de ser adaptada para a variante XBB.1.5”.

“As vacinas ofertadas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) são eficazes, efetivas, seguras e passam por um rigoroso processo de controle de qualidade antes de chegarem aos braços da população.”

Esquema vacinal:

Confira o esquema vacinal recomendado pelo Ministério a partir de 1º de janeiro de 2024:

- para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, a vacina foi incluída no calendário de vacinação;
- uma dose anual ou semestral para grupos prioritários com 5 anos de idade ou mais, independentemente do número de doses prévias recebidas;
- pessoas com mais de 5 anos que não pertencem aos grupos prioritários poderão receber uma dose.

"O Ministério da Saúde enfatiza que as vacinas disponíveis nos postos de vacinação continuam efetivas contra as variantes em circulação no país. O esquema vacinal completo, incluindo as doses de reforço, quando recomendado, é essencial para evitar formas graves e óbitos pela doença”, destaca a pasta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Coqueluche: saiba mais sobre a doença que voltou a preocupar o mundo
Saúde

Coqueluche: saiba mais sobre a doença que voltou a preocupar o mundo

16/06/2024 16:00
Coqueluche: saiba mais sobre a doença que voltou a preocupar o mundo
Grupo cria plataforma robótica para tornar a estimulação magnética transcraniana mais segura
Inovação

Grupo cria plataforma robótica para tornar a estimulação magnética transcraniana mais segura

16/06/2024 07:45
Grupo cria plataforma robótica para tornar a estimulação magnética transcraniana mais segura
Sigilo em testes de remédios poderá atrasar genéricos, dizem especialistas
Saúde

Sigilo em testes de remédios poderá atrasar genéricos, dizem especialistas

15/06/2024 22:00
Sigilo em testes de remédios poderá atrasar genéricos, dizem especialistas
Comissão aprova projeto que torna obrigatório exame de doenças raras em recém-nascidos
Saúde

Comissão aprova projeto que torna obrigatório exame de doenças raras em recém-nascidos

15/06/2024 17:00
Comissão aprova projeto que torna obrigatório exame de doenças raras em recém-nascidos
Seilog e Agesul promovem ação de conscientização no Dia Mundial do Doador de Sangue
Saúde

Seilog e Agesul promovem ação de conscientização no Dia Mundial do Doador de Sangue

15/06/2024 14:00
Seilog e Agesul promovem ação de conscientização no Dia Mundial do Doador de Sangue
Últimas Notícias