Dourados – MS quarta, 22 de setembro de 2021
Dourados
35º max
18º min
Institucional - Setembro
Saúde

Especialistas britânicos pedem proibição do megahair

01 Jun 2011 - 14h45
Técnica do megahair usa cola para juntar fios de cabelo originais aos mais longos. - Crédito: Foto: BBCTécnica do megahair usa cola para juntar fios de cabelo originais aos mais longos. - Crédito: Foto: BBC
A Sociedade Britânica de Tricologia pediu a proibição do alongamento capilar, o megahair, devido ao dano que estes alongamentos trariam aos cabelos.

Segundo os especialistas estes alongamentos, que usam cola para juntar os fios de cabelo originais aos fios mais longos, deveriam ser proibido pois, ao fazer a ligação, o processo causa alopecia por tração, o que arranca os fios de cabelo pela raiz gerando espaços sem cabelos no couro cabeludo.

O problema pode continuar se espalhando mesmo depois da paciente fazer tratamento e os danos podem ser irreversíveis.

Um dos mais famosos especialistas em cabelos da Grã-Bretanha afirmou que houve um aumento no número de mulheres que procuram ajuda devido aos danos causados pelo mega hair.

De acordo com Steve O\'Brien, do Centro de Tricologia de Londres, houve um aumento de 15% destes pedidos de ajuda nos últimos dois anos e isto se deve ao uso de cola no alongamento capilar.

O tricologista afirma ainda que há dois anos o centro recebia cerca de 30 pessoas por mês, mas que agora esse número subiu para 50. A procura está aumentando e o número de consultas relativas a este procedimento também tem aumentado.

Steve O\'Brien diz que o fato de celebridades usarem os alongamentos e fazerem parecer muito fácil conseguir cabelos longos piora ainda mais a situação.

Perucas

Natalie Rowe, da cidade britânica de Scarborough, tem uma empresa que fornece cabelos para o alongamento e perucas para salões de beleza e cabeleireiros. Segundo ela, houve um grande aumento no número de mulheres com danos nos cabelos.

\"As garotas chegam com áreas carecas (no couro cabeludo) e não podem ser cobertas com apliques\", afirmou.

\"A quantidade de perucas que estamos vendendo agora se deve ao fato de que as pessoas querem cabelos realmente longos, que se decidiram pelo alongamento com cola e arruinaram completamente o cabelo.\"

\"Eu diria que pelo menos duas ou três pessoas vêm aqui por semana dizendo: \'O que posso fazer com meu cabelo? Está totalmente arruinado\", acrescentou.

Faye Heukin, de 23 anos e também de Scarborough, foi uma das que prejudicou o cabelo devido ao alongamento.

\"Ainda não cresceu de volta. Uso alongamento capilar, perucas...\", afirmou. Faye conta que foi a uma cabeleireira e fez o alongamento por 150 libras (mais de R$ 390).

\"Em algumas semanas os cabelos começaram a ficar muito embaraçados e a cair. Então voltei (à cabeleireira) e ela tirou (os alongamentos), e meu cabelo foi junto\", disse. Faye Heukin agora tem problemas com sua imagem. \"Sinto-me paranoica quando não estou com minha peruca ou com meus apliques. Definitivamente tenho pouca confiança agora\", disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha
Saúde

"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha

21/09/2021 17:00
"Conhecer demência é conhecer Alzheimer" é tema de campanha
Dose 3 para idosos com 60 anos ou mais continua no CCI
Vacinação

Dose 3 para idosos com 60 anos ou mais continua no CCI

21/09/2021 16:45
Dose 3 para idosos com 60 anos ou mais continua no CCI
Com 277,3 mil doses de vacinas recebidas nos últimos dias, MS vai estocar 80 mil doses de Coronavac, diz secretário
Saúde

Com 277,3 mil doses de vacinas recebidas nos últimos dias, MS vai estocar 80 mil doses de Coronavac, diz secretário

20/09/2021 16:30
Com 277,3 mil doses de vacinas recebidas nos últimos dias, MS vai estocar 80 mil doses de Coronavac, diz secretário
Taxa de contágio cai e MS registra 337 novos casos no final de semana
Saúde

Taxa de contágio cai e MS registra 337 novos casos no final de semana

20/09/2021 15:45
Taxa de contágio cai e MS registra 337 novos casos no final de semana
MS atinge imunidade de rebanho e tem média móvel de óbitos estável
Covid

MS atinge imunidade de rebanho e tem média móvel de óbitos estável

20/09/2021 15:00
MS atinge imunidade de rebanho e tem média móvel de óbitos estável
Últimas Notícias