Dourados – MS quarta, 21 de abril de 2021
Dourados
33º max
18º min
Influx - Campanha 2021
VIDA ANIMAL

Agora é crime cortar rabo e orelhas de cães para fins estéticos

28 Jun 2016 - 13h30
Agora é crime cortar rabo e orelhas de cães para fins estéticos -
A prática de caudectomia, cordectomia, a conchectomia, e a onicectomia, que já foi até mesmo padrão de estética para algumas raças, é considerada mutilação e crime ambiental. Todos estes procedimentos têm fins absolutamente estéticos e por isso não justificam causar o sofrimento a esses animais. Agora, a prática é considerada mutilação e crime ambiental.

O Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MS) alerta que profissionais que fazem a cirurgia e até mesmo os donos dos animais podem ser punidos. Os veterinários que fizerem a cirurgia correm o risco de ter o registro suspenso pelo conselho e não poder mais atuar na profissão. Conselho Federal de Medicina Veterinária (CMFV), que determinou por meio da Resolução nº 1027, de junho de 2013, a proibição da prática de caudectomia quando a justificativa for meramente estética. Uma resolução do conselho já proibia a cordectomia (cirurgia que retira as cordas vocais dos animais), a conchectomia (para levantar as orelhas) e a onicectomia ( extração das unhas de gatos) desde 2008, mas apenas recomendava que a caudectomia não fosse feita.

Ao contrário do que muitos pensam, a cauda tem finalidades específicas e funciona como um prolongamento da coluna vertebral, sendo formada por pequenas vértebras e constituída de terminações nervosas que atingem todo o organismo do animal. Além disso, o rabo tem a função de espalhar ou esconder o cheiro que identifica o cão, e é o seu principal meio de comunicação com outros cães. Também é responsável pelo seu equilíbrio.

As orelhas compridas dos cães protegem os ouvidos de insetos e da entrada de água. O corte das orelhas (comum em pitbull e dobermann) era simplesmente estético. Cães que latiam muito, passavam por uma cordectomia. A razão era somente "para não incomodar". Nos felinos, a retirada definitiva das unhas era feita para que não aranhassem os donos e nem o mobiliário das casas.

O artigo 39 da Lei de Crimes Ambientais proíbe maus-tratos aos animais, o que inclui a mutilação deles. Quem for flagrado cometendo esses atos poderá responder processo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Variante mais grave domina 82% das amostras em MS
ESPECIAL

Variante mais grave domina 82% das amostras em MS

21/04/2021 11:30
Variante mais grave domina 82% das amostras em MS
Idosos e profissionais de saúde vão receber a segunda dose nesta quarta
Vacinação

Idosos e profissionais de saúde vão receber a segunda dose nesta quarta

21/04/2021 08:58
Idosos e profissionais de saúde vão receber a segunda dose nesta quarta
Novas entregas de vacinas garantem primeira dose para maiores de 65 anos, diz Ministério
Covid-19

Novas entregas de vacinas garantem primeira dose para maiores de 65 anos, diz Ministério

20/04/2021 17:00
Novas entregas de vacinas garantem primeira dose para maiores de 65 anos, diz Ministério
Vacina contra Covid

Mato Grosso do Sul participa de consórcio para compra de 28 milhões de doses de vacina contra Covid-19

20/04/2021 13:28
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa
Covid-19

Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa

20/04/2021 12:31
Resultados de exames para Covid-19 podem ser acessados sem sair de casa
Últimas Notícias