Dourados – MS terça, 25 de junho de 2024
21º
Meu Detran
UFGD

Curso de Licenciatura Indígena recebe conceito máximo do MEC

11 Dez 2019 - 18h11
Curso de Licenciatura Indígena recebe conceito máximo do MEC -

O curso de Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu, vinculado à Faculdade Intercultural Indígena (Faind) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), recebeu do Ministério da Educação (MEC) a nota máxima durante avaliação realizada na semana passada em Dourados. O conceito 5 eleva o curso a uma das melhores licenciaturas da UFGD e a uma das melhores interculturais do país, com essa pontuação.

Foram avaliadas a Organização Didático-Pedagógica; o Corpo Docente e Tutorial e a Infraestrutura do curso, tendo como base o Plano de Desenvolvimento Institucional, o Projeto Pedagógico do Curso, o Relatório de Autoavaliação Institucional, Políticas Institucionais, Diretrizes Curriculares Nacionais, o Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia, Formulários Eletrônicos preenchido pela IES no e-MEC, Políticas de Formação Docente e outras documentações comprobatórias.

Segundo os avaliadores, o Plano Pedagógico do Curso está articulado com o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e contempla, de maneira plena, a demanda econômica e social do contexto em que se insere a UFGD. “As políticas institucionais para este curso encontram-se plenamente definidas e regulamentadas e estão voltadas para um ensino articulado com a pesquisa e extensão. Os objetivos específicos do curso voltam-se centralmente à formação dos professores indígenas, habilitando os professores Guarani e Kaiowá. O estímulo às Atividades Acadêmicas se dá por meio de visitas às comunidades pelos docentes, acompanhamento das ações desenvolvidas, estímulo à pesquisa e extensão”.

Com relação ao corpo docente, o grupo está implantando e desenvolvendo as metas ali estabelecidas. Para efeito da avaliação, a Comissão levou em consideração os 18 professores que efetivamente atuam no curso, desses 16 possuem doutorado e 7 mestrado. “Dessa forma, 100% dos docentes do curso possuem titulação obtida em programas de pós-graduação stricto sensu”.

E no quesito Infraestrutura, o curso assegura seu funcionamento de forma excelente, conforme os avaliadores. “Considerando, portanto, os referenciais de qualidade dispostos na legislação vigente, nas orientações do MEC, nas diretrizes da CONAES, e neste instrumento de avaliação, o Curso de Licenciatura Intercultural da UFGD atende de forma excelente aos objetivos propostos”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Programa do Governo do Estado divulga resultado preliminar da fase B
MS Supera

Programa do Governo do Estado divulga resultado preliminar da fase B

24/06/2024 21:00
Programa do Governo do Estado divulga resultado preliminar da fase B
Caminhos para a equidade educacional
Educação

Caminhos para a equidade educacional

24/06/2024 16:45
Caminhos para a equidade educacional
Pacto EJA: estão abertas adesões de estados e municípios
Educação

Pacto EJA: estão abertas adesões de estados e municípios

24/06/2024 07:45
Pacto EJA: estão abertas adesões de estados e municípios
MEC atende a metas do ODS 4 para educação básica
Educação

MEC atende a metas do ODS 4 para educação básica

23/06/2024 07:30
MEC atende a metas do ODS 4 para educação básica
Abertas as submissões de propostas de atividades para a Universidade Aberta à Pessoa Idosa
UFMS

Abertas as submissões de propostas de atividades para a Universidade Aberta à Pessoa Idosa

23/06/2024 07:15
Abertas as submissões de propostas de atividades para a Universidade Aberta à Pessoa Idosa
Últimas Notícias