Dourados – MS terça, 25 de fevereiro de 2020
Dourados
33º max
23º min
Política

Simted quer se reunir com candidatos

26 Jan 2011 - 22h31
José Carlos Brumatti quer apresentar reivindicações a todos os prefeitáveis - Crédito: Foto: Hedio FazanJosé Carlos Brumatti quer apresentar reivindicações a todos os prefeitáveis - Crédito: Foto: Hedio Fazan
DOURADOS – O prefeito que assumir o mandato tampão em Dourados (2011-2012) vai ter muito trabalho pela frente para atender uma série de reivindicações apresentadas pelos profissionais da Eucação. A lista é grande e contém 23 propostas que vão desde a redução do número de alunos em sala de aula, adequar o valor investido pela Prefeitura na merenda escolar, instituir a escola com período integral e melhoria salarial.

As reivindicações foram formuladas pelo Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted). Elas serão apre-sentadas, a propósito, para os quatro prefeitáveis que procurarem a categoria. “Sabemos que eles estão fazendo reuniões com diversos setores organizados. Aguardamos, assim, que todos eles nos procurem”, disse José Carlos Brumatti, presidente do Simted.

Dos quatro prefeitáveis que disputam o mandato tampão, Murilo Zauith foi o que procurou até agora os profissionais em Educação para falar sobre as propostas de campanha. O encontro foi realizado na manhã de ontem, no Simted.

#####REIVINDICAÇÕES

As propostas para uma educação considerada ideal em Dourados atende uma série de medidas que beneficiam profissionais e alunos. Algumas delas são reconhecidas pelo próprio Simted como difíceis de serem implementadas na gestão tampão, mesmo assim foram colocadas para serem introduzidas como projeto experimental, como é o caso da escola com período integral.

Entre as reivindicações da categoria está também a redução no número de alunos em sala de aula. Para isso seria necessário construir novas escolas. De acordo com Brumatti, o ideal seria 20 estudantes. “Como sabemos que essa não é uma realidade para Dourados, solicitamos, ao menos, 30 alunos por sala”, argumenta.

Nesse mesma linha de proposta, o Simted pede a reativação do Centro de Ensino de Línguas. “Ela funcionou por um curto período, limitada, e foi extinta na gestão do ex-prefeito. A ideia é que os alunos possam ter um local de referência para estudar inglês, espanhol ou guarani”, diz José Carlos Brumatti.

Com o acúmulo de funções dada aos professores, a categoria também apresenta como proposta a implementação de pro-gramas de prevenção à saúde do educador, com a presença de psicólogos e psicopedagogos nas escolas para atender professores e alunos. “Hoje a escola não tem somente a função de ensinar. Passou a assumir papéis que a família ou a sociedade não está exercendo”, justifica o presidente do Simted. Também na área da saúde, os educadores sugerem um programa de saúde vocal, mental, LerDort e Síndome Burnout (distúrbio psíquico de caráter depressivo).

Dentre as reivindicações estão ainda a melhoria do investimento da Prefeitura na merenda escolar. Os recursos são do governo federal, com contrapartida do município. Os educadores pedem também ampliação de vagas nos Ceims, discussão do Plano Municipal de Educação, recuperação dos salários e aumento no percentual de recursos a serem investidos na educação municipal, de 25% para, no mínimo, 30%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão
Direitos Humanos

Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão

24/02/2020 09:45
Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão
Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras
Brasil

Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras

24/02/2020 06:15
Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras
Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Política

Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11

21/02/2020 08:48
Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
POLÍTICA

Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF

20/02/2020 17:51
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
JUSTIÇA

Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ

20/02/2020 14:42
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
Últimas Notícias