Dourados – MS sexta, 03 de julho de 2020
Dourados
20º max
min
Política

Orçamento recebe 9,7 mil emendas

27 Nov 2010 - 00h10
As emendas serão votadas pela Comissão Mista de Orçamento, presidida por Moka
Foto/Marcelo Brandt – Agência Câmara
 - As emendas serão votadas pela Comissão Mista de Orçamento, presidida por Moka Foto/Marcelo Brandt – Agência Câmara -
BRASILIA - A proposta orçamentária para 2011 (PLN 59/10) recebeu 9.731 emendas individuais e coletivas, que so-mam R$ 72,1 bilhões em despesas. As emendas serão distribuídas agora entre os dez relatores setoriais, para apresenta-ção de parecer.

É nesta fase que começa a pressão de parlamentares, governadores e órgãos públicos para o atendimento das despesas. O valor final vai depender de negociações e da disponibilidade de recursos de cada relator setorial e do relator-geral. No ano passado, as emendas somaram R$ 68,9 bilhões, mas só foram aprovadas R$ 22,5 bilhões.
Depois que receberem parecer, as emendas serão votadas pela Comissão Mista de Orçamentoe depois pelo Congresso (sessão conjunta da Câmara e do Senado). Mesmo se forem aprovados e incluídos no texto final do Orçamento de 2011, a maioria dos gastos previstos nas emendas poderá deixar de ser executada, a critério da futura presidente, Dilma Rousseff.

#####Saúde

O programa de Assistência Ambulatorial e Hospitalar Especializada foi o mais beneficiado pelos parlamentares, rece-bendo R$ 7,1 bilhões. Entre as ações mais conhecidas do programa está a remuneração dos hospitais públicos e privados conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS) por procedimentos de média e alta complexidade, como exames e cirur-gias.

Nos últimos cinco anos, o programa mais atendido pelas emendas havia sido Turismo Social no Brasil, que destina re-cursos para investimentos nos estados e municípios. Neste ano, ele ficou em segundo lugar, com R$ 6,2 bilhões em emendas.

A prioridade dada à saúde é fruto da mobilização dos parlamentares para melhorar a infraestrutura do SUS, princi-palmente nos estados. Somente a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara destinou quase R$ 2 bilhões para o programa de Assistência Ambulatorial. A Comissão de Assuntos Sociais do Senado destinou outros R$ 500 milhões.

Nesta semana, a Frente Parlamentar da Saúde pediu mais recursos para o setor ao relator-geral do Orçamento, Gim Agello (PTB-DF). O senador prometeu incluir mais R$ 2 bilhões, que virão do excesso de arrecadação apurado na se-gunda estimativa da receita, a ser apresentada em dezembro.

#####Valores globais

O prazo de apresentação das emendas acabou na última quarta-feira (24). Do total de emendas, R$ 57,8 bilhões são para investimento, e o restante para outras despesas relacionadas à manutenção da máquina pública. De acordo com as consultorias de orçamento da Câmara e do Senado, que publicaram uma nota técnica sobre os valores globais das emen-das apresentadas, a demanda das bancadas estaduais soma R$ 37,2 bilhões. (Agência Câmara).

Deixe seu Comentário

Leia Também

José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro
Brasil

José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro

03/07/2020 19:20
José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
Eleições

TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias

03/07/2020 18:22
TSE adia prazos eleitorais de julho em 42 dias
Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados
Dourados

Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados

03/07/2020 17:55
Idenor Machado cobra informações sobre Ecoponto em Dourados
Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação
POLÍTICA

Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação

03/07/2020 12:10
Bolsonaro escolhe Renato Feder para ser novo ministro da Educação
Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora
Dourados

Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora

01/07/2020 15:54
Denize Portolann assina Termo de Recondução ao mandato de vereadora
Últimas Notícias