Dourados – MS segunda, 26 de julho de 2021
Dourados
34º max
17º min
Política

Morazildo apoia a CPI de Fronteiras

29 Nov 2010 - 23h08
Morazildo diz que fará o possível para instalação da CPI
Foto/Waldemir Barreto – Agência Senado - Morazildo diz que fará o possível para instalação da CPI Foto/Waldemir Barreto – Agência Senado -
BRASILIA - O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) manifestou seu apoio à criação da Comissão Parlamentar de Inqúerito (CPI) para investigar as fronteiras brasileiras. A CPI foi proposta pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ).

Mozarildo pediu o apoio do governo à CPI. Do contrário, afirmou, a CPI não consegue aprovar nada e acaba desmoralizada. Disse que, na condição de presidente da Subcomissão da Amazônia (vinculada à Comissão de Relações Exterio-res e Defesa Nacional [CRE]), fará todo o possível para que seja instalada a CPI. O parlamentar sugeriu aos Poderes instituídos brasileiros a realização de uma operação nacional contra o crime, nos moldes da Operação Mãos Limpas, realizada na Itália há vários anos.

O senador leu trechos de uma reportagem publicada no jornal O Estado de S. Paulo em 15 de maio deste ano, sobre um relatório do serviço de inteligência da Polícia Federal (PF) com data de 28 de abril. Nele, a PF afirma que a guerrilha colombiana, além violar sistematicamente as fronteiras brasileiras, realiza no país muitos de seus negócios, principal-mente o narcotráfico.

“O relatório da Polícia Federal contradiz frontalmente o discurso do governo, de que as Forças Armadas Revolucionárias de Colômbia (Farc) não agem no território brasileiro”, afirmou o senador.
Mozarildo Cavalcanti relatou, segundo a reportagem, a prisão, em sítio próximo a Manaus, de José Samuel Sanchez e outras sete pessoas. Sanchez, segundo a PF, seria da Comissão de Logística e Finanças da Farc e comandava uma impor-tante rota de tráfico utilizando os rios da Amazônia. De Manaus, a droga seguia para e exterior e para outros estados bra-sileiros. Os bandidos usavam o Frigorífico Tefé Comércio e Navegação Ltda. como empresa de fachada para encobrir suas operações. No sítio foram ainda encontrados equipamentos sofisticados de comunicação.

O representante roraimense afirmou ainda que o tráfico pelas fronteiras da Amazônia já era denunciado em reportagem publicada em 2008 pelo jornal O Globo. Citou também a morte em combate de dois policiais federais na fronteira, no último dia 17. Mozarildo lamentou que, mesmo com o assassinato dos policiais em serviço, o governo não se posicio-nou sobre a questão das fronteiras brasileiras. (Agência Senado).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Dourados

Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara

26/07/2021 15:00
Prefeitura terá que cobrar vereadores para devolver verba da Câmara
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Política

Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022

23/07/2021 08:00
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Política

Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente

22/07/2021 15:00
Senador Ciro Nogueira assumirá comando da Casa Civil, diz presidente
Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel
Política

Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel

21/07/2021 14:00
Governo nomeia Youssif Domingos para o cargo de diretor-presidente da Fertel
Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral
Política

Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral

20/07/2021 09:00
Presidente diz que deve vetar dinheiro para o fundo eleitoral
Últimas Notícias