Dourados – MS quarta, 26 de fevereiro de 2020
Dourados
26º max
21º min
Política

Douradenses votam após escândalo

06 Fev 2011 - 20h15
O movimento de eleitores foi bastante baixo nos locais de votação - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSOO movimento de eleitores foi bastante baixo nos locais de votação - Crédito: Foto: Hédio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – Após 159 dias da onda de denúncias de corrução chefiada pelo ex-prefeito Ari Artuzi (expulso do PDT), que ganhou as páginas dos principais veículos de comunicação do país, os douradenses puderam ontem voltar às urnas para eleger um novo prefeito para a cidade.

A eleição em Dourados chegou a ganhar repercussão de alguns sites da mídia nacional, como na UOL deste domingo, por exemplo, que deu destaque para a eleição em Dourados, relembrando o escândalo de corrupção que marcou a cidade.

A notícia trata Artuzi como “chefe da quadrilha que arrecadava ao menos R$ 500 mil mensais com fraude”. “Solto em dezembro após renunciar à prefeitura, Artuzi vive hoje em uma chácara nos arredores de Dourados vendendo queijo para sustentar a mulher e duas filhas”. Nos portais Terra e G1, da Globo, traz matérias sobre as eleições para prefeito em quatro cidades, dando um destaque para Dourados.


Às 10h, votou o candidato Geraldo Sales do PSDC, na Escola Pestalozzi. O último candidato a comparecer nas urna de votação foi o democrata, Murilo Zauith, que votou por volta das 11h, na Escola Mace.

A votação seguiu em clima de bastante tranquilidade até o fim da votação, às 17h, quando os presidentes de mesa começaram a recolher as urnas e os materiais com os respectivos CD´s da votação para serem entregues nos Cartórios Eleitorais da 18ª a 43ª Zonas. Em seguida, os Cartórios passaram a transmitir os dados da votação para Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Mato Grosso do Sul, que totalizou a votação.


Ele explicou que a Justiça Eleitoral deverá esperar terminar o prazo para prestação de contas do candidato eleito - em dez dias - e após isso, já poderá fazer diplomação. Após a diplomação, a Câmara Municipal já poderá dar posse ao novo prefeito.

A Câmara também deverá eleger o novo presidente nos próximos dias, o que vai possibilitar que o novo presidente da Casa, poderá dar posse ao novo prefeito.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão
Direitos Humanos

Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão

24/02/2020 09:45
Conselho de Direitos Humanos da ONU: Brasil participa da 43ª sessão
Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras
Brasil

Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras

24/02/2020 06:15
Reforma administrativa pretende revisar salários e número de carreiras
Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Política

Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11

21/02/2020 08:48
Deputado João Henrique anuncia, na tribuna, saída do G-11
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
POLÍTICA

Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF

20/02/2020 17:51
Após derrota no STJ, Renato Vidigal tem liberdade negada no STF
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
JUSTIÇA

Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ

20/02/2020 14:42
Defesa tem expectativa frustrada e Vidigal continua preso por decisão do STJ
Últimas Notícias