Dourados – MS sábado, 18 de setembro de 2021
Dourados
38º max
22º min
Policia

Sem viaturas, Bombeiros usam caminhonete

17 Mai 2011 - 14h17
Viatura de apoio foi utilizada em 37 ocorrências, em cinco dias, em Coxim - Crédito: Foto: Edição de NotíciasViatura de apoio foi utilizada em 37 ocorrências, em cinco dias, em Coxim - Crédito: Foto: Edição de Notícias
A viatura de resgate do Corpo de Bombeiros de Coxim, município distante 243 quilômetros de Campo Grande, quebrou e foi levada para oficina mecânica durante cinco dias, de quarta-feira (11) até segunda (16). Segundo a corporação, é a única de resgate do município e, como alternativa, as equipes tiveram que usar uma caminhonete para atender 37 ocorrências. Este veículo é uma viatura AS24, regularmente utilizada para serviço administrativo, vistoria, carregamento de material e até busca e resgate de cadáveres.

Segundo o comandante do 5º subgrupamento de Bombeiros de Coxim, capitão Wagner Antônio Dupin, o município tem três viaturas: a de resgate, autobusca rápida (para transporte de equipamentos) e a de incêndio. Em caso de desfalque, as equipes contam com o apoio da ambulância da prefeitura em situações como esta ou em acidentes com várias vítimas. Nem sempre o veículo está em Coxim, já que é usado no transporte de pacientes para Campo Grande.

Foi o que aconteceu em pelo menos três dos cinco dias. Segundo o Corpo de Bombeiros em Coxim, a caminhonete foi utilizada em 37 ocorrências, algumas com apoio da ambulância da prefeitura. O ideal, segundo a corporação, é que fosse utilizada a unidade de resgate.

Meios de fortuna

Entre as ocorrências, constam transporte de pacientes cardíacos, feridos em queda, emergências psiquiátricas e vítimas de derrame cerebral. Pelo menos três casos graves estão nesta lista: um rapaz com queimaduras decorrentes da explosão de botijão de gás, um ferido em acidente na BR-163 e um degolado. A prancha em que é colocado o paciente foi levada na carroceira da caminhonete até o hospital.

“A gente fica entre a cruz e a espada”, disse o comandante. “Prefiro ser chamado a atenção por usar caminhonete do que ser acusado de omissão de socorro”, explicou. Segundo Dupin, a situação é chamada de \'meios de fortuna\': a utilização de métodos de sobrevivência improvisados com recursos do próprio ambiente.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul, coronel Ociel Ortiz Elias, o expediente “não é coisa do outro mundo”, já que a viatura AS24 também acompanha a equipe no atendimento à ocorrências, como apoio, independentemente da presença do veículo de resgate. “A caminhonete também pode fazer parte do socorro”. O coronel Ociel disse que tinha conhecimento que o veículo foi usado em apenas três casos de gravidade e iria pedir informações sobre o caso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal
Dourados

Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal

17/09/2021 14:15
Homem é preso com drogas e revólver pela Guarda Municipal
Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal
Dourados

Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal

16/09/2021 13:30
Traficante tenta fugir, mas acaba preso pela Guarda Municipal
Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'
Polícia

Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'

16/09/2021 11:00
Sete são presos pelo Defron durante Operação 'Branca Pura'
DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha
Polícia

DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha

15/09/2021 14:30
DOF apreende veículos carregados com mais de 1,6 toneladas de maconha
Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS
Campo Grande

Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS

15/09/2021 10:30
Golpista se passa por gerente de banco e faz vítima perder R$ 120 mil ao fingir ajudá-lo a desbloquear cartão em MS
Últimas Notícias