Dourados – MS terça, 03 de agosto de 2021
Dourados
28º max
11º min
Policia

Mortes de bebês em hospital são alvo de investigação

14 Jun 2011 - 20h55
Mortes de bebês em hospital são alvo de investigação  -
A falta de atendimento especializado no Hospital Regional de Ponta Porã, , está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual. A promotoria quer saber se a morte de quatro recém-nascidos na unidade tem ligação com a precariedade no atendimento.

A investigação surgiu depois que o MPE teve acesso ao relatório de uma auditoria do Sistema Único de Saúde feita em fevereiro no hospital. No documento, os auditores denunciam a ausência de médico obstetra para assistir ao parto normal, o que leva os auxiliares de enfermagem a fazerem partos normais, sem habilitação para tal.

A auditoria constatou que houve complicações em oito partos realizados por auxiliares. Quatro bebês teriam morrido, mas ainda não ficou comprovado se as crianças morreram pela falta de assistência médica durante o nascimento.
Diante das denúncias, os promotores encaminharam em abril um relatório para apuração do Conselho Regional de Enfermagem, que instaurou procedimento interno para investigar o caso.

O processo administrativo ainda não tem prazo para terminar. O Conselho Regional de Enfermagem quer ouvir explicações dos responsáveis pelo hospital de Ponta Porã. Em uma avaliação preliminar do relatório, a entidade afirma ter encontrado diversas irregularidades no atendimento a gestantes na unidade de saúde. \"Com relação ao número reduzido de profissionais de enfermagem e algumas distorções na assistência de enfermagem, no atendimento ao parto, à parturiente e à gestante\", diz Amarilis Pereira Amaral, presidente do conselho.

Atualmente existem três qualificações de profissionais de enfermagem que atuam nos hospitais. Os auxiliares, que têm curso básico; os técnicos, que durante dois anos receberam treinamento hospitalar; e os enfermeiros, que cursaram faculdade durante cinco anos. De acordo com a lei federal, além dos médicos, só enfermeiros formados podem realizar partos dentro de hospitais. Em caso de gravidez de risco, o procedimento obrigatoriamente tem que ser feito por um médico.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista bêbado foge da Guarda Municipal e é preso após colidir com meio fio
Polícia

Motorista bêbado foge da Guarda Municipal e é preso após colidir com meio fio

02/08/2021 09:00
Motorista bêbado foge da Guarda Municipal e é preso após colidir com meio fio
Caminhão furtado em Sidrolandia é recuperado pela PM em Itaporã
Policial

Caminhão furtado em Sidrolandia é recuperado pela PM em Itaporã

31/07/2021 07:30
Caminhão furtado em Sidrolandia é recuperado pela PM em Itaporã
Mulher que usava criança para entregar drogas é presa pelo SIG
Polícia

Mulher que usava criança para entregar drogas é presa pelo SIG

29/07/2021 12:00
Mulher que usava criança para entregar drogas é presa pelo SIG
Polícia apreende meia tonelada de cocaína em caminhão frigorífico
Polícia

Polícia apreende meia tonelada de cocaína em caminhão frigorífico

27/07/2021 14:00
Polícia apreende meia tonelada de cocaína em caminhão frigorífico
DOF apreende caminhão com mais de 6 toneladas de maconha
Polícia

DOF apreende caminhão com mais de 6 toneladas de maconha

27/07/2021 10:00
DOF apreende caminhão com mais de 6 toneladas de maconha
Últimas Notícias