Dourados – MS terça, 26 de janeiro de 2021
Dourados
32º max
22º min
Influx
Policia

Juizes cobram investimento em segurança

11 Abr 2011 - 21h07
Os juizes César e Thiago Tanaka, com o diretor-geral da Polícia Civil de MS, Jorge Neto - Crédito: Foto : Vilson NascimentoOs juizes César e Thiago Tanaka, com o diretor-geral da Polícia Civil de MS, Jorge Neto - Crédito: Foto : Vilson Nascimento
AMAMBAI - Os juizes da Comarca de Amambai, César de Souza Lima, titular da 1ª Vara, e Thiago Nagasawa Tanaka, titular da 2ª Vara, cobraram mais investimento por parte do Governo do Estado e da União, na segurança pública na região de fronteira com o Paraguai, sobretudo no Cone Sul, conhecido nacionalmente como “corredor” para a entrada de drogas vindas do país vizinho. As cobranças aconteceram durante o ato de incineração de mais de 3,5 toneladas de drogas, na sexta-feira passada.

Aproveitando a presença do diretor-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul no ato, Jorge Razanauskas Neto, César de Souza Lima ressaltou que, apesar do bom trabalho que tem sido feito pelas polícias, Civil, Militar, Rodoviária Estadual, o DOF e pela Polícia Federal, interceptando parte dos carregamentos, o entorpecente que sai da região abastece os principais grandes centros em todo o Brasil, motivo pelo qual as autoridades estadual e federal deveriam voltar mais a atenção para a região e investir na reestruturação da segurança na fronteira.

Segundo o juiz Thiago Tanaka, apesar do “grosso” dos carregamentos seguirem para outros estados, parte desses entorpe-centes estão ficando em Mato Grosso do Sul e alimentando pontos de vendas de drogas nas cidades do Estado. Na opinião dele, cabe também ao Governo do Estado investir mais na estrutura policial e no setor de segurança pública na faixa de fronteira com o Paraguai.

Atualmente a Polícia Militar está trabalhando em número insuficiente para atender a grande demanda. Já a Polícia Civil a situação é bem mais complicada. Faltam investigadores, escrivães e até estrutura física e material nas delegacias.

Em municípios como Sete Quedas, Iguatemi, Eldorado, Mundo Novo, Caarapó e Itaquiraí, por exemplo, a situação é ainda mais complicada. Além da falta de policiais, a existência de cadeias públicas com detentos acaba tomando grande parte do tempo dos policiais, que deveriam estar nas ruas investigando crimes e garantindo a segurança da sociedade ao invés de cuidar de presos.

A Comarca de Amambai, além do município de Amambai, também abrange Coronel Sapucaia, que faz fronteira seca com o Paraguai e atende a uma população estimada de 48,8 mil habitantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Taxista desaparecido é encontrado morto na fronteira
Polícia

Taxista desaparecido é encontrado morto na fronteira

26/01/2021 14:50
Taxista desaparecido é encontrado morto na fronteira
Mulher morta com 17 tiros fazia sucesso no TikTok com mais de 50 mil seguidores
Feminicídio

Mulher morta com 17 tiros fazia sucesso no TikTok com mais de 50 mil seguidores

26/01/2021 10:09
Mulher morta com 17 tiros fazia sucesso no TikTok com mais de 50 mil seguidores
9,5 toneladas de maconha são apreendidas em meio a carga de milho
Dourados

9,5 toneladas de maconha são apreendidas em meio a carga de milho

26/01/2021 08:52
9,5 toneladas de maconha são apreendidas em meio a carga de milho
3º narcotraficante mais procurado do Paraguai é preso na fronteira
Fronteira

3º narcotraficante mais procurado do Paraguai é preso na fronteira

25/01/2021 10:41
3º narcotraficante mais procurado do Paraguai é preso na fronteira
Carro furtado é recuperado em Itahum com volume prensado de maconha
Dourados

Carro furtado é recuperado em Itahum com volume prensado de maconha

25/01/2021 09:41
Carro furtado é recuperado em Itahum com volume prensado de maconha
Últimas Notícias