Dourados – MS terça, 18 de junho de 2019
Pauta
Segurança

Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real

18 Dez 2018 - 14h00Por da Redação
Estado combate crime organizado na fronteira com sistema de controle rodoviário em tempo real - Crédito: Regiane Ribeiro Crédito: Regiane Ribeiro

A segurança e o controle na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai ganha, a partir desta terça-feira (18.12), um novo sistema de fiscalização que torna a MS-164, em Maracaju, a primeira rodovia estadual inteligente. O Governo do Estado ativou o Centro de Comando e Controle (C3), projeto inovador da Polícia Militar Rodoviária que utilizará câmeras e aplicativo para monitorar as principais rotas de drogas e descaminhos.

O sistema, coordenado a partir de uma sala de operações montada na sede da Polícia Militar Rodoviária, em Campo Grande, será implementado simultaneamente em outras rodovias estaduais utilizadas por traficantes e contrabandistas, chegando, numa primeira etapa, a Ponta Porã, pela MS-164; Amambai (MS-386); distrito de Amandina (MS-276), em Ivinhema; e Bataguassu (MS-276 e MS-395), já na divisa do Estado com Paraná e São Paulo.

“Estamos implantando novas ferramentas inteligentes de combate ao crime organizado na fronteira, que não exigem grandes investimentos, porém com uma abrangência e uma eficiência que vão permitir ampliar a ação e a resposta mais rápida da nossa polícia em operações integradas com várias unidades nas regiões mais críticas”, explicou o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

Referência nacional

Para o secretário, os investimentos do Governo de MS em viaturas, armamentos, melhoria das instalações e capacitação dos policiais refletem nas estatísticas positivas de redução da criminalidade, tornando Mato Grosso do Sul uma referência nacional em segurança pública. “Temos ainda a melhor tropa”, acentuou Videira. Ele adiantou que o novo sistema funcionará em caráter experimental por 60 dias e será expandido para outras rodovias estaduais.

O projeto piloto do C3 entrou oficialmente em operação na manhã desta terça-feira, durante solenidade realizada no quartel da Polícia Militar Rodoviária, situado na Vila Concórdia, na Capital. A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) elegeu como prioridade o trecho da MS-164 que se interliga com a BR-267, no distrito de Vista Alegre, em Maracaju, considerado uma das principais rotas do tráfico de drogas e de armas e de contrabando.

Nessa localidade, foram instaladas câmeras para monitoramento em tempo real do fluxo de veículos, fiscalização de placas e outras ações preventivas. As viaturas da Polícia Militar Rodoviária que atuam na região foram equipadas com GPS (Sistema de Posicionamento Global) e tablets, tecnologias que permitirão rastrear e orientar as unidades operacionais para atendimento de ocorrências, as quais podem chegar pelo telefone 198 ou via aplicativo.

Ações com coordenação

Integram esse sistema o aplicativo Roda Viva-PMR/MS, que permite ao cidadão fazer a denúncia de um veículo roubado antes mesmo do registro do Boletim de Ocorrência. Com a ferramenta disponibilizada nas lojas virtuais gratuitamente, o usuário também pode auxiliar a polícia em caso de alguma ocorrência na rodovia – por meio de mensagem, posição geográfica e fotos – e receber informações atualizadas sobre as condições de tráfego na mesma.

“Graças ao compromisso do governador Reinaldo Azambuja com a segurança pública, estamos criando um sistema econômico, mas eficiente, que considero um avanço extraordinário no combate ao crime organizado na fronteira”, destacou o comandante da Polícia Militar do Estado, coronel Valdir Acosta. “Com forte investimento tecnológico, haverá atendimento mais rápido aos usuários e ações policiais planejadas de forma centralizada”, acrescentou.

Durante a ativação do C3, que contou com a presença do secretário da Sejusp e do comandante da PM/MS, foi assinado o termo de doação à Polícia Militar Rodoviária do prédio que a corporação ocupa há 20 anos e pertencia ao Departamento Estadual de Trânsito de MS (Detran-MS). O documento foi referendado pelo secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto Assis, e pelo diretor-presidente do Detran, Roberto Hashioka.

Formatura de policiais

Na mesma solenidade, ocorreu a formatura do curso de Especialização em Policiamento Rodoviário, o primeiro realizado pela Polícia Militar Rodoviária em 32 anos de criação. A capacitação com 372 horas de duração, com foco no aperfeiçoamento da fiscalização ostensiva do trânsito, enfrentamento aos crimes transfronteiriços e preservação da ordem pública nas 141 rodovias estaduais – cerca de 12 mil km – contou com a participação de 28 policiais.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grávida é morta a tiros na fronteira
Polícia

Grávida é morta a tiros na fronteira

17/06/2019 14:08
Grávida é morta a tiros na fronteira
Moto com irmãs é atingido por dois veículos e uma morre
BR-463

Moto com irmãs é atingido por dois veículos e uma morre

17/06/2019 10:22
Moto com irmãs é atingido por dois veículos e uma morre
Presos são decapitados e carbonizados durante motim em presídio
10 mortes

Presos são decapitados e carbonizados durante motim em presídio

17/06/2019 10:05
Presos são decapitados e carbonizados durante motim em presídio
Acidente entre caminhonete e caminhão causa uma morte em Itaporã
Polícia

Acidente entre caminhonete e caminhão causa uma morte em Itaporã

15/06/2019 10:27
Acidente entre caminhonete e caminhão causa uma morte em Itaporã
Populares encontram corpos de tio e sobrinho na aldeia
Polícia

Populares encontram corpos de tio e sobrinho na aldeia

15/06/2019 10:14
Populares encontram corpos de tio e sobrinho na aldeia
Últimas Notícias