Dourados – MS sábado, 28 de novembro de 2020
Dourados
36º max
23º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Dia-a-Dia

Uems realiza hoje eleição para novo reitor em 15 campi

30 Jun 2011 - 22h04
Debate entre as duas chapas ocorreu ontem na sede da Uems, em Dourados - Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSODebate entre as duas chapas ocorreu ontem na sede da Uems, em Dourados - Crédito: Foto : Hedio Fazan/PROGRESSO
DOURADOS – Estudantes, técnicos administrativos e professores vão às urnas nesta sexta-feira para escolher o novo reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems). A votação acontece nos 15 campi da universidade. Assim como no primeiro turno, a instituição contará com a parceria do Tribunal Eleitoral que concederá urnas eletrônicas. A apuração dos votos será realizada no domingo, 3, a partir das 8h30, dia em que a Uems já conhecerá seu novo reitor.

Na quarta-feira ocorreu o último debate com a participação dos dois candidatos que disputam o segundo turno. Aconteceu na sede da Universidade em Dourados. Concorrem à reitoria - gestão 2011 a 2015 - os professores Dalton Pedroso de Queiroz (reitor) e Wilson Brum Trindade Júnior (vice-reitor) pela chapa “Uems para Todos”, e os professores Fábio Edir dos Santos Costa (reitor) e Eleuza Ferreira Lima (vice-reitora), pela chapa “Somos Uems: compromisso, respeito e valorização”.

No encontro, tanto Fábio Edir quanto Dalton de Queiroz protagonizaram um debate pautado pelo respeito e pela apresentação de propostas à comunidade acadêmica. O debate foi organizado em sete blocos sendo que três grandes eixos temáticos foram abordados: ensino, pesquisa e extensão; infraestrutura; e gestão administrativa. Os candidatos também puderam fazer perguntas entre si e ainda responder a questões enviadas pela plateia.

Os candidatos


Em sua participação, o candidato Fábio Edir, da chapa Somos Uems, defendeu a principal bandeira de sua campanha, o fortalecimento institucional da Uems. Para ele, a Universidade é o principal agente de desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Fábio também destacou a necessidade de que seja traçado um diagnóstico detalhado da atual situação da Universidade, a fim de promover uma busca eficiente pelos recursos necessários para que a universidade cresça de forma consistente.

Dalton de Queiroz, candidato pela chapa “UEMS para todos”, apresentou suas propostas com base em três eixos principais: gestão de pessoas, financiamento institucional e trâmite político eficiente, realizado de forma a ampliar os recursos repassados à Uems pelo seu mantenedor. Dalton afirmou ainda ser possível a implantação de jornada de trabalho por turnos para os técnicos administrativos, possibilitando que a carga semanal de trabalho desses servidores seja de 30 horas.

Os dois concordam que a Uems tem potencial para atrair recursos por meio da qualificação das pesquisas realizadas na instituição. Para Fábio, a Universidade pode melhorar inclusive a qualidade de seus laboratórios por meio de editais propostos aos órgãos de fomento à pesquisa, como Capes e CNPq, ou mesmo em nível estadual, no caso da Fundect. Dalton, por sua vez, reforçou a necessidade de solicitar do governo do estado, através de projetos bem elaborados, um aporte financeiro emergencial destinado a atualizar os laboratórios.

Deixe seu Comentário