Dourados – MS domingo, 27 de setembro de 2020
Dourados
36º max
24º min
Dia-a-Dia

Se estiagem persistir, em 15 dias prefeitura soluciona problemas mais críticos

07 Mar 2016 - 08h54
A Prefeitura de Dourados está realizando uma força-tarefa com equipes se revezando para um trabalho intenso das 7h às 22h para promover ações de tapa-buracos na cidade. Com as chuvas em grande volume que caíram nos últimos dias, os trabalhos tinham ficado comprometidos e a malha asfáltica sofreu muito os impactos disso.


Segundo Vanderlei Carneiro, responsável pelo setor, a estiagem que começou na quinta-feira (03) tem contribuído para as ações de tapa-buracos. Por isso, foram empregadas várias equipes de trabalho. "A gente fazendo essa força tarefa, em 15 dias conseguimos atingir todas as regiões da cidade, solucionando os problemas mais críticos", esclarece.


As equipes vão trabalhar, inclusive, aos finais de semana para conseguir atingir o mais rápido possível todas as regiões. A previsão, por exemplo, é entregar toda a região do parque do lago com os pontos mais complicados solucionados. Na rua 17, por exemplo, foi realizado todo um trabalho de recuperação dos borrachudos, remendos profundos e reperfilamento. Na sexta-feira (04), o Aeroporto de Dourados, também recebeu ação já que a via de acesso estava totalmente comprometida. Foram necessárias obras de drenagem e rebaixamento do lençol freático. A água havia rompido a pavimentação.


As ações também vão atingir a região do grande Parque Alvorada, Ouro Verde, Parque das Nações, e outros. Uma equipe ainda está se dedicando à área central da cidade, com prioridade às principais avenidas, devido ao grande volume de pessoas.


Para Murilo, tapa-buracos é considerado um serviço de manutenção. O investimento da administração nas vias públicas tem como objetivo a recuperação da malha asfáltica através de obras de recapeamento. Dessa forma, o dinheiro público é melhor investido e o condutor trafega com muito mais segurança.


Nestes cinco anos de administração, os avanços foram consideráveis no que diz respeito a asfalto. Neste período, as condições das vias públicas melhoraram. Foram restaurados por completo, pelo menos 40 quilômetros de ruas e avenidas e mais 30 quilômetros estão programados para iniciar neste ano de 2016.


As avenidas Coronel Ponciano e Presidente Vargas, e as ruas Palmeiras, Floriano Peixoto, Ponta Porã, Monte Alegre, Eulália Pires, Olinda Pires, Albino Torraca, Mozart Calheiros e da Josué Garcia Pires (antiga W-11), foram recapeadas numa extensão de mais de mil metros.


Além destas, ainda foram restaurados pela prefeitura diversos outros trechos menores, como nas proximidades da Figueira, local que foi completamente remodelado para oferecer melhores condições de tráfego. O mesmo aconteceu com a Rua Nelson de Araújo, onde havia o calçadão, uma das primeiras ações do prefeito Murilo.


Nos locais onde havia rotatórias, todo o cruzamento recebeu restauração completa, bem como pontos considerados críticos, exemplo da Rua Frei Antonio (Antiga W-17), que recebeu recapeamento em todo o trecho onde o Córrego Paragem corta a via.


Além das obras de recuperação, há a revolução no setor de pavimentação com implantação de malha asfáltica nova, levando ruas asfaltadas onde não existia em Dourados. Todo o trabalho é feito tanto com recursos próprios, quando com verba federal.


Recentemente o Governo do Estado, através do governador Reinaldo Azambuja, atendeu a um pedido do prefeito Murilo e garantiu o recapeamento completo das avenidas Marcelino Pires, Joaquim Teixeira Alves, Weimar Gonçalves Torres e Hayel Bon Faker. Isso, conforme declarou o prefeito, vai deixar Dourados com praticamente todas as vias de maior acesso, com asfalto novo.

Deixe seu Comentário