Dourados – MS sexta, 23 de outubro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Influx
Dia-a-Dia

Dourados reativa Conselho Diretor

10 Mai 2011 - 22h33
Prefeito participa de reunião para discutir Plano Diretor de Dourados - Crédito: Foto: DivulgaçãoPrefeito participa de reunião para discutir Plano Diretor de Dourados - Crédito: Foto: Divulgação
DOURADOS - Foi realizada na manhã de ontem, na sala de reuniões do gabinete da Prefeitura de Dourados, a primeira reunião de reestruturação do Conselho Municipal do Plano Diretor. A finalidade é reunir a comunidade, secretarias municipais e outros conselhos para discutir e planejar mudanças futuras para a cidade.

O encontro entre representantes dos segmentos, comandado pela arquiteta da prefeitura Ana Luiza Lacerda, teve a participação do prefeito Murilo Zauith, que falou sobre várias propostas de expansão urbana. Ele deixou claro, no entanto, que a participação do conselho é fundamental, pois o órgão vai pautar esses projetos de acordo com a necessidade de cada região da cidade.

Murilo disse que a preparação do município para essa expansão deve ser feita de forma organizada e planejada. “A própria comunidade é quem vai dizer o que deve ser feito para melhor o sistema de trânsito, o crescimento do bairro, a necessidade de uma escola, uma unidade de saúde, creche e outras melhorias”, afirmou.

Ana Luiza informou que o município está dividido em 21 regiões urbanas e a intenção é colocar representantes de cada uma delas nas discussões. O número de integrantes deve variar de acordo com o índice populacional de determinada região. O assunto será discutido entre os líderes, chegar até o conselho e finalmente será levado ao Executivo.

Nesta primeira reunião, o grupo cuidou de uma agenda de reuniões, deixando duas delas já pautadas: para escolha de conselheiros cujos cargos estavam vagos e iniciou a discussão sobre a condição dos trabalhos do conselho a partir de agora. Ana Luiza lembrou que o órgão foi criado há dez anos, mas estava praticamente desativado.

O prefeito aproveitou a reunião e destacou alguns pontos que precisam ser avaliados e modificados, como a questão do perímetro urbano do município e a Lei do Uso do Solo. No caso do perímetro urbano, Murilo adiantou que pretende encaminhar em breve aos conselheiros uma proposta de ampliação.


Ele entende que o município nos últimos tempos expandiu o perímetro de acordo com a necessidade de determinados empreendimentos e, acredita que esse não deve ser procedimento. Para o prefeito, o ideal é projetar essa ampliação e manter por um período de dez anos. Quem pretende investir terá que se adequar ao perímetro urbano e não o perímetro ao investir, segundo o prefeito.

Deixe seu Comentário