Dourados – MS quarta, 30 de setembro de 2020
Dourados
40º max
23º min
Dia-a-Dia

Cirilo propõe Conselho Escolar Antidrogas

17 Mar 2016 - 09h47Por Leonel Jonas Do Progresso
Cirilo diz que preocupa número de menores envolvidos com drogas. - Crédito: Foto: Thiago MoraisCirilo diz que preocupa número de menores envolvidos com drogas. - Crédito: Foto: Thiago Morais
O crescente índice de consumo de drogas entre crianças e adolescentes é uma preocupação do vereador Cirilo Ramão Cardoso (PTC), vice-presidente da Câmara Municipal de Dourados. Ele fez indicação ao prefeito Murilo Zauith (PSB), com cópias aos secretários Marinisa Mizoguchi (Educação) e José Jorge Filho (Governo) para que viabilizem estudos e adotem providências visando à criação do Conselho Escolar Antidrogas nos estabelecimentos da Rede Municipal de Ensino de Dourados.


Segundo ele, a iniciativa tem o objetivo de oferecer orientação e instrumentos preventivos no combate ao uso de entorpecentes, bebidas alcoólicas e tabaco. "A efetivação desse trabalho envolverá ativamente a participação do próprio aluno, conjuntamente com professores e gestores, pais de alunos e comunidade", explica. "Infelizmente, as drogas têm chegado cada vez mais cedo na vida de crianças e adolescentes. Engana-se quem pensa que os alunos da rede pública estão mais expostos que os da rede privada de ensino", alerta o vereador.


Estudos apontam que a maconha, o tabaco e o álcool ainda são as drogas mais consumidas, mas os sintéticos como o LSD (popularmente chamado de ácido ou doce), o MDMA e o ecstasy (conhecido como bala) começam a ganhar adesão.


Essas últimas são classificadas como "drogas limpas", pois não exalam odor e não exigem um ritual de preparo, como o crack, uma das mais perigosas e que causa dependência já na primeira vez.


"O acolhimento dos alunos na própria escola resultará em reflexões sobre o tema. Isso facilitará a aplicação de políticas públicas para a prevenção e o combate ao uso de drogas", sugere.

Deixe seu Comentário