Dourados – MS terça, 04 de agosto de 2020
Dourados
31º max
15º min
Segurança e Saúde JBS
Dourados

ANA promove 1º seminário de ciência jurídica aplicada

02 Mai 2016 - 17h45
Presidente da Ana, Diego Zanone Fontes, tendo como vice-presidente José Roberto Teixeira Lopes
 
 - Presidente da Ana, Diego Zanone Fontes, tendo como vice-presidente José Roberto Teixeira Lopes -
A Associação dos novos advogados de Dourados (ANA) promove nesta quarta e quinta-feira (4 e 5 de maio) no Teatro Municipal das 8h até as 22h, sendo a abertura oficial dia 04, às 18h30 o 1º Seminário de ciência jurídica aplicada. O evento é dirigido aos novos advogados, considerados aqueles com até dez anos de profissão, aos bacharéis em direito, aos acadêmicos do 5º semestre ou terceiro, porém aberto a todos os operadores do direito.

No evento estarão proferindo palestras advogados de renome nacional como é o caso de Estefânia Viveiros – Conselheira Federal da OAB e presidente da comissão nacional do novo CPC (Código de Processo Civil) que passou a vigorar em março deste ano e o professor de direito da Damásio, Leoni Pereira, considerado um ícone da área trabalhista.

A Associação dos Novos Advogados de Dourados é presidida por Diego Zanone Fontes, tendo como vice-presidente José Roberto Teixeira Lopes. Ambos estiveram na redação de O Progresso na tarde de segunda-feira falando sobre a importância do evento e também sobre os objetivos da entidade que surgiu em Dourados em 16 de outubro de 2015.

A ANA tem o objetivo de apoiar os novos advogados por considerar que cinco anos de faculdade é um período muito pouco para que o advogado possa estar pre-parado para enfrentar a realidade do mundo jurídico. "A" nosso ver isso demora no mínimo dez anos, por isso acrescentamos mais cinco anos e consideramos novos advogados aqueles com menos de dez anos de profissão", disse Diego.


#### O CONTEXTO

A advocacia, uma das mais tradicionais carreiras profissionais no Brasil, vem se transformando para atender as necessidades dos novos profissionais e da própria sociedade.

A inevitável saída dos profissionais mais antigos do mercado de trabalho e a consequente incursão dos novos advogados no cenário jurídico nacional dá a esta nova geração a responsabilidade de conduzir os rumos da advocacia em nosso país.

Pensando neste contexto de transformação e antenados ao futuro da profissão, começaram a surgir em todo o País associações de novos advogados com o intuito auxiliar os novos advogados a encarar este cenário de mudanças na advocacia e fazer deste momento uma oportunidade.


As associações de advogados jovens ou em início de carreira iniciaram há pouco tempo uma jornada para implantar ideias, reivindicar direitos, fomentar o ensino jurídico e estimular o aperfeiçoamento profissional, além, claro, de defender suas prerrogativas, e com isso criar um ambiente favorável para a nova advocacia.
No estado de Mato Grosso do Sul, este movimento tem uma breve, porém grandiosa história. A ANA/MS - Associação dos Novos Advogados de Mato Grosso do Sul iniciou seus trabalhos na capital de nosso estado pouco mais de seis anos atrás e já contabiliza várias ações em prol da nova advocacia.
Entre os principais feitos da ANA/MS estão: 1) a inclusão do salário mínimo para advogados na tabela de honorários da OAB; e 2) a criação da ENA - Escola da Nova Advocacia para a promoção de cursos, palestras, pós-graduações, congressos e encontros de cunho educativo.


Vale ressaltar que é notória a ascensão da ANA/MS que hoje tem assento e direito a voz nas reuniões e plenárias do conselho da OAB/MS - Seccional, além de ter, na pessoa de seu ex-presidente mais recente, cargo na Diretoria da OAB Estadual como Secretário Geral Adjunto.





Deixe seu Comentário