Dourados – MS segunda, 30 de novembro de 2020
Dourados
37º max
25º min
Imaculada-Desk
Imaculada-Mobile
Dia-a-Dia

‘Acorda Dourados’: Hoje tem protesto contra corrupção

05 Mar 2016 - 06h00
Bonecos “Pixulecos” serão distribuídos para a população em protesto contra a corrupção. - Crédito: Foto: Hedio FazanBonecos “Pixulecos” serão distribuídos para a população em protesto contra a corrupção. - Crédito: Foto: Hedio Fazan
O movimento "Acorda Dourados" fará protestos neste sábado contra a corrupção e pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff. A concentração vai acontecer às 9h em frente à Igreja São José, na Avenida Marcelino Pires, de onde sairá carreata com destino à Praça Antônio João. No cruzamento das Avenidas Presidente Vargas e Marcelino Pires haverá queima de fogos, adesivagem de veículos e distribuição de panfletos, a partir das 10h30.


No próximo sábado (12) a programação se repete na área central. No domingo (13) será o dia D de mobilizações em todo o Brasil. Em Dourados haverá concentração na Praça Antônio João, às 15h30. Será montado um palanque para quem quiser fazer o uso da palavra. Membro do movimento "Vem pra Rua", Claudio Gaiofato, explica que, assim como nos protestos anteriores, a criatividade é a arma para atrair a atenção. No ano das Olimpíadas, o grupo de Dourados dará cartão vermelho para a corrupção. "Serão confeccionados grandes cartões com nomes e fotos de políticos presos nas operações da Polícia Federal por corrupção", acrescenta, observando que o fato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter sido alvo, ontem, de um dos mandados de condução coercitiva pela Polícia Federal é só o começo do que a população espera, que é a prisão dos condenados por corrupção.


Claudio Gaiofato acredita que a carreata vai atrair pelo menos 300 veículos. "Nosso manifesto não tem bandeira partidária e nossas cores são as do Brasil. Hoje o que se vê são os brasileiros tendo que se sacrificar para cobrir o rombo da corrupção. São altos juros, impostos e a presidência ainda quer criar mais tributos reativando a CPMF. Porque não se cortam ministérios ou cargos que lá existem? Hoje o trabalhador está numa bola de neve em que faz um empréstimo para pagar o outro e ninguém faz nada para mudar esta realidade. Pagamos altos juros e não temos nenhum serviço de qualidade na educação e na saúde, por exemplo. Nós lutamos contra a corrupção que está destruindo este país. É necessário que todas as entidades e cidadão de bem e inconformados com este sistema saiam as ruas e protestem contra o que está acontecendo. A hora de lutar pelos nossos direitos é agora", destaca.


O empresário Racib Panage Harb diz que o movimento tem a finalidade de chamar a atenção da população para os atos de corrupção que acontecem no governo e dentro dos partidos políticos. Para ele não há mais clima político para que a presidente Dilma Rousseff continue À frente do País. Ele diz que entidades que sempre apóiam o movimento como a Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED) foram convidadas. Na próxima segunda-feira, o presidente da associação, Antônio Nogueira fará uma reunião para tratar do grande protesto que acontecerá no próximo dia 13.


Lula


Lula é alvo da 24ª fase da Operação Lava Jato, que foi deflagrada ontem (*). Além do depoimento, foi realizada busca a apreensão em sua casa, na sede do Instituto Lula e outros locais ligados ao petista. Investigadores suspeitam que o ex-presidente tenha recebido vantagens indevidas de empreiteiras suspeitas de desvios na Petrobras. O ex-presidente voltou a dizer que é inocente e que está de "cabeça erguida". "Fiquei indignado com esse processo de suspeição. Se a PF encontrar um real de desvio na minha conduta, eu não mereço ser desse partido".

Deixe seu Comentário