Dourados – MS segunda, 25 de janeiro de 2021
Dourados
29º max
22º min
Influx
Mundo

Voos prejudicados por vulcão do Chile começam a ser retomados

08 Jun 2011 - 15h35
Avião da companhia aérea Austral coberto de cinzas do vulcão no aeroporto San Carlos de Bariloche, na Argentina, em foto de segunda-feira - Crédito: Foto : ReutersAvião da companhia aérea Austral coberto de cinzas do vulcão no aeroporto San Carlos de Bariloche, na Argentina, em foto de segunda-feira - Crédito: Foto : Reuters
Voos internacionais cancelados pelas nuvens de cinza do vulcão chileno Puyehue começam a ser retomados nesta quarta-feira (8), segundo informações das principais companhias aéreas e a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) dos aeroportos internacionais brasileiros.

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, tem duas chegadas de Montevidéu e de Buenos Aires, da empresa aérea GOL, canceladas nesta quarta. As partidas não apresentaram nenhum cancelamento até as 11h, informou a Infraero, de um total de 124 previstas. Na terça, foram 24 partidas e nove chegadas canceladas, de voos previstos para Santiago, Buenos Aires, Montevidéu, Assunção e Lima.

Do Aeroporto Internacional Tom Jobim, foram 11 chegadas e 11 partidas canceladas na terça. A Infraero informou que, nesta manhã, apenas uma chegada de Buenos Aires foi cancelada e mais duas partidas, com destino a Montevidéu e Buenos Aires.

No Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, conforme a Infraero, apenas quatro voos internacionais com destino a Rosário, Córdoba, Buenos Aires e Montevidéu foram cancelados na manhã desta quarta, de um total de 24 chegadas previstas. Quatro voos estavam atrasados. Das 35 partidas programadas, 15 foram canceladas, três delas internacionais, e dois voos estavam atrasados.

Doze partidas de voos domésticos foram canceladas no Aeroporto Salgado Filho, mas a empresa não soube informar o motivo. O aeroporto opera por instrumentos desde esta terça (7).

Durante a manhã, as cinzas do vulcão começaram a se dissipar. Os aeroportos de Buenos Aires já haviam retomado as atividades no final da tarde de terça. O complexo vulcânico Puyehue-Cordón Caulle, no sul do Chile, entrou em erupção no sábado passado. Também nesta terça, as nuvens chegaram à fronteira com o Rio Grande do Sul, mas, segundo o CGNA, não devem prejudicar o Sul do país.

O Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), órgão do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), informou em boletim nesta manhã que constatou a presença de cinzas vulcânicas em cinco aeroportos na região Sul: no Salgado Filho, no Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville (SC), Aeroporto Ministro Victor Konder, em Navegantes (SC), Aeroporto Cataratas, em Foz do Iguaçu (PR) e Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba (PR).

Ainda conforme o CGNA, as cinzas são de baixa intensidade e não devem prejudicar os aeroportos. “O impacto para o tráfego aéreo foi bastante reduzido”, afirmou o gerente nacional do fluxo de tráfego aéreo, major Antonio Marcio Ferreira Crespo. Segundo informações do centro, as nuvens provindas do vulcão começaram a se dissipar no Oceano Atlântico.

Retomada dos voos

A empresa aérea GOL informou nesta quarta que os voos da companhia estão sendo normalizados e que todas as bases estão operantes. A TAM informou que opera normalmente nesta quarta e continua monitorando a situação para garantir a segurança de seus passageiros.

Em nota divulgada na noite de terça, a TAM informou que foram cancelados 39 voos durante todo o dia. Já a empresa aérea GOL cancelou 19 voos que seguiriam para aeroportos afetados pelas cinzas do vulcão. A interrupção dos voos teve por objetivo garantir a segurança dos clientes e da tripulação, segundo as empresas.

Conforme a nota divulgada pela TAM, a previsão é que os voos operassem normalmente nesta quarta nos aeroportos de Buenos Aires, na Argentina, Assunção e Ciudad del Este, no Paraguai, Santiago, no Chile, e Foz do Iguaçu, no Paraná. A empresa informou que deve programar voos extras para transportar os clientes afetados pelos cancelamentos.

Em caso de dúvida, os clientes devem entrar em contato com a Central de Atendimento da TAM antes de se dirigirem ao aeroporto, de acordo com o país de embarque. Os números são os seguintes: Brasil (4002-5700 –capitais - e 0800-570-5700 - demais localidades), Argentina — (0 810 333 3333), Chile (56 2 6767 900) e Uruguai (000 4019 0223).

A GOL pede que clientes com viagens marcadas para voos até o dia 13 de junho, com destino ou origem em cidades atingidas, entrem em contato com a companhia pelo telefone 0300-115-2121, para efetuar a remarcação sem custos ou optar pelo cancelamento com reembolso integral da passagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Mundo

Larry King, apresentador, morre aos 87 anos

23/01/2021 14:05
Larry King, apresentador, morre aos 87 anos
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

20/01/2021 15:26
Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Futebol

Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial

20/01/2021 09:57
Sorteio põe mexicanos ou coreanos em caminho brasileiro no Mundial
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Tênis

Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena

20/01/2021 07:52
Aberto da Austrália: brasileiros iniciam treinos em meio a quarentena
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Mundo

Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia

09/01/2021 10:02
Boeing 737-500 some do radar logo após decolar na Indonésia
Últimas Notícias