Dourados – MS quarta, 20 de outubro de 2021
Dourados
30º max
17º min
Mundo

José Alencar é homenageado na Prefeitura de SP

25 Jan 2011 - 17h59
Alencar e Lula em evento na sede da Prefeitura
de São Paulo - Crédito: Foto: Ayrton Vignola / Ag. EstadoAlencar e Lula em evento na sede da Prefeitura de São Paulo - Crédito: Foto: Ayrton Vignola / Ag. Estado
O ex-vice-presidente José Alencar se emocionou ao receber no início da tarde desta terça-feira (25) a medalha 25 de Janeiro, na sede da Prefeitura paulistana, no Centro de São Paulo. Em discurso improvisado, Alencar afirmou que, se morresse hoje, estaria feliz.

Participaram da homenagem a presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer, o ex-presidente Lula, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer.

A honraria foi entregue pela presidente Dilma. Com a medalha no pescoço, Alencar afirmou: “Estou lutando para não morrer”. O ex-vice-presidente faz há anos tratamento contra um câncer e, por conta da doença, está internado há três meses no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Esta foi a primeira vez que ele saiu do centro médico desde a internação.

“Se eu morrer agora, é um privilégio. Se eu morrer agora, está bom demais”, disse, bem humorado. Alencar pediu mais de uma vez desculpas para a plateia, formada por políticos, assessores e secretários, pelo fato de discursar sentado em uma cadeira de rodas.

Ele arrancou risos ao brincar sobre seu discurso. “O Lula me lembrou agora: o discurso tem de ser como vestido de mulher. Nem tão curto que nos escandalize nem tão longo que nos entristeça.”

A presidente Dilma Rousseff elogiou a força do ex-vice-presidente e disse que ele é um exemplo de superação. Sobre sua atuação política, afirmou que Alencar “foi um grande vice-presidente, ao lado de um grande presidente, que foi o Lula”.

“Ele é um brasileiro que todo o povo aprendeu a admirar.” Em um discurso cordial, Dilma aproveitou para parabenizar a cidade e os paulistanos e reforçar que as parcerias entre o governo federal e o estado de São Paulo e a capital paulista continuarão.

Alckmin disse esperar que Alencar se recupere o mais rápido possível. “Se Deus quiser, logo logo, vamos poder tomar um gole daquela ‘boa’”, referindo-se às cachaças produzidas no estado natal de Alencar, Minas Gerais. (Fonte: G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mundo

Papa abre caminho à beatificação de João Paulo I

13/10/2021 16:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Mundo

Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência

13/10/2021 09:00
Transição energética é "demasiado lenta", alerta agência
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Mundo

Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz

08/10/2021 13:00
Jornalistas da Filipinas e Rússia recebem Nobel da Paz
Mundo

Pandemia teve impactos diretos para bebês e crianças, diz estudo

06/10/2021 14:00
Mundo

"Apagão" no Facebook foi erro interno e não ataque informático

06/10/2021 09:00
Últimas Notícias