Dourados – MS sábado, 28 de novembro de 2020
Dourados
36º max
23º min
Influx
Imaculada-Mobile
Mundo

General dos EUA prevê impasse entre rebeldes e Kadhafi na Líbia

07 Abr 2011 - 19h35
Rebelde faz sinal de vitória em Ajdabiyah nesta quinta-feira - Crédito: Foto: APRebelde faz sinal de vitória em Ajdabiyah nesta quinta-feira - Crédito: Foto: AP
Um impasse parece estar se desenhando na Líbia entre os rebeldes antigoverno e as forças leais ao ditador Muammar Kadhafi, mas os Estados Unidos não devem armar os rebeldes sem saber mais sobre eles, disse um importante general norte-americano nesta quinta-feira (7).

Os comentários do general Carter Ham, que liderou a campanha aérea da coalizão antes de passar o comando à Otan, numa audiência no Senado, prometem alimentar o debate dentro dos EUA sobre os próximos passos na Líbia.

O presidente norte-americano, Barack Obama, descartou a possibilidade de enviar forças terrestres à Líbia e autoridades importantes do governo salientaram os limites do envolvimento dos EUA no que poderá ser uma longa guerra civil.

O senador republicano John McCain, que pressiona por um maior envolvimento dos Estados Unidos, interrogou duramente Ham sobre os riscos de Kadhafi permanecer no poder.

Questionado por McCain se ele acredita que a situação no local pode ser descrita como um impasse, ou ao menos um impasse emergindo, Ham disse: \"Concordo com isso no presente.\"

Chefe do comando militar dos EUA na África, Ham depois reconheceu que a probabilidade de impasse é maior agora do que antes de os EUA passarem o controle da campanha aérea à Otan, no dia 31 de março.

\"Então agora estamos diante da perspectiva de um impasse, o que significa que Kadhafi permanece no poder\", afirmou McCain.

\"O que então significa que teremos uma situação muito, muito séria com o senhor Kadhafi no futuro, se ele permanecer no poder, especialmente em razão de seu histórico\", disse McCain.

O líder dos rebeldes na Líbia condenou a Otan esta semana, numa medida incomum, pela lentidão em ordenar ataques aéreos para proteger os civis.

Um ataque aéreo da Otan na quinta-feira matou ao menos cinco rebeldes perto do porto de Brega. Foi a segunda vez em menos de uma semana que os rebeldes culparam a Otan por bombardear seus colegas por engano.

Treze morreram num ataque aéreo não longe desse local no sábado.

Questionado se achava que os EUA deveriam armar os rebeldes, Ham disse: \'Não, sem entender melhor quem é a força de oposição.\' (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
futebol

Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos

25/11/2020 13:01
Morre o ídolo argentino Diego Maradona aos 60 anos
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
Mundo

Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos

07/11/2020 16:04
Joe Biden garante votos para ser eleito presidente dos Estados Unidos
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Mundo

PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA

06/11/2020 09:37
PF pede bloqueio de R$ 130 milhões em criptoativos depositados nos EUA
Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas
Dia das Bruxas

Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas

31/10/2020 14:05
Halloween: a curiosa origem do Dia das Bruxas
Mundo

Brasil e outros 31 países assinam declaração sobre saúde da mulher

23/10/2020 15:09
Últimas Notícias