Dourados – MS domingo, 11 de abril de 2021
Dourados
36º max
22º min
Influx - Campanha 2021
Mundo

Atraso de salário afeta atendimento em restaurantes populares de BH

16 Mar 2011 - 17h50
Atraso de salário afeta atendimento em restaurantes populares de BH -


Por falta de pagamento do salário, 15% dos funcionários terceirizados dos restaurantes populares da Prefeitura de Belo Horizonte não foram trabalhar nesta quarta-feira (16). A ausência afetou o funcionamento dos refeitórios da Câmara Municipal de Belo Horizonte e da Estação BH Bus de Venda Nova e 3,5 mil refeições deixaram de ser servidas, de acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional.

Segundo o secretário-adjunto, Flávio Duffles, a prefeitura mantém contrato com uma empresa licitada, que não cumpriu com o pagamento do último salário e já tem histórico de atrasos. Ao todo são 255 contratados e todos esses trabalhadores estão sem receber, informou a secretaria, mas 85% não faltaram.

Os funcionários deveriam ter recebido no dia 9 deste mês, incluindo valor referente à passagem do transporte coletivo. “Cerca de 80% recebem salário mínimo”, disse o secretário. “Se a empresa não pagar até sexta-feira, a prefeitura vai pagar o salário dessas pessoas”, acrescentou.

Procurada pelo G1, a empresa World Service não justificou o motivo do atraso até o fechamento desta reportagem. A Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional.informou que o valor do contrato mantido entre a prefeitura e a empresa fornecedora de mão-de-obra é de cerca de R$ 4 milhões por ano. Pelo não cumprimento das cláusulas, a World Service está sujeita à multa de 0,5 a 10% e encerramento do contrato, informou a secretaria. O contrato começou no dia 30 de agosto.

Para tentar assegurar que as unidades funcionem nesta quinta-feira, o secretário informou que vai se reunir com os funcionários na tarde desta quarta-feira (16).

Três unidades dos restaurantes funcionam normalmente e estão capacitadas para servir 14,5 mil refeições ao dia, incluindo café da manhã, almoço e jantar, segundo a secretaria. Mesmo sem salário, alguns funcionários não faltaram ao trabalho e foram remanejados para ajudar na produção destas unidades, que ficam nas regiões do Barreiro, Leste e Centro-Sul. Os preços das refeições são: R$ 0,50 para café da manhã, R$ 1 para o almoço e R$ 2 para o almoço.

#####Veja os endereços das unidades abertas nesta quarta-feira (15):


Av. do Contorno, 11.484 - Centro

Horário de Funcionamento:

10h30 às 14h - almoço

17h às 20h - jantar


Rua Ceará, 490 - Santa Efigênia (região hospitalar)

Horário de Funcionamento:

6h30 às 8h - café da manhã

10h30 às 14horas - almoço

17h às 20h - jantar




Avenida Afonso Vaz de Melo 1001, Barreiro.

Horário de funcionamento:


11h às 14h - almoço

17h30 às 19h - jantar

(G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Príncipe Philip morre aos 99 anos, no Castelo de Windsor
Família real

Príncipe Philip morre aos 99 anos, no Castelo de Windsor

09/04/2021 09:04
Príncipe Philip morre aos 99 anos, no Castelo de Windsor
Quase 60% dos focos de incêndios no Pantanal têm ligação agrícola
Pantanal

Quase 60% dos focos de incêndios no Pantanal têm ligação agrícola

07/04/2021 16:00
Quase 60% dos focos de incêndios no Pantanal têm ligação agrícola
Chile chega a 1 milhão de casos de covid-19 e fecha fronteiras
Covid-19

Chile chega a 1 milhão de casos de covid-19 e fecha fronteiras

02/04/2021 11:03
Chile chega a 1 milhão de casos de covid-19 e fecha fronteiras
Nova York aprova legalização da maconha
Internacional

Nova York aprova legalização da maconha

31/03/2021 15:22
Nova York aprova legalização da maconha
Uso de drogas entre idosos é uma “epidemia oculta”, alertam especialistas em narcóticos
ONU

Uso de drogas entre idosos é uma “epidemia oculta”, alertam especialistas em narcóticos

29/03/2021 14:43
Uso de drogas entre idosos é uma “epidemia oculta”, alertam especialistas em narcóticos
Últimas Notícias