Dourados – MS terça, 25 de junho de 2024
23º
UEMS - Pantanal
Economia

MEI: Aprovado PL que isenta microempresas por 5 anos

Isenção valerá para as microempresas com receita anual de R$ 96 mil

25 Mai 2024 - 11h15Por Hoje em Dia
Projeto cria benefício fiscal para as microempresas - Crédito: Rovena Rosa/Agência BrasilProjeto cria benefício fiscal para as microempresas - Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

O projeto de lei complementar que busca desobrigar microempresas com receita bruta anual de até R$ 96 mil dos impostos do Simples Nacional, por 5 anos, foi aprovado pela Comissão de Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados. Trata-se do PLP 35/23, de autoria do deputado José Medeiros (PL-MT).

O deputado Jorge Goetten (PL-SC), relator do Projeto, recomendou a aprovação em seu voto. “A proposta busca proporcionar um alívio fiscal para os pequenos negócios que, em razão da pandemia de Covid-19, foram severamente afetados. O incentivo fiscal proposto deverá auxiliar na geração de empregos e de renda”, apontou. 

Segundo o economista Otto Nogomi, do Instituto de Ensino e Pesquisa INSPER, dois aspectos importantes devem ser considerados. “Será importante estabelecer mecanismos eficazes de monitoramento e fiscalização para garantir que as empresas não abusem da isenção — e que ela seja aplicada de forma justa e eficiente. E o segundo é que a isenção por 5 anos deve ser analisada no contexto de longo prazo, considerando se as microempresas estarão preparadas para enfrentar a carga tributária normal após o período de isenção", afirma.

Hoje, o faturamento anual que permite o enquadramento no regime simplificado de tributação é de até R$ 360 mil para as microempresas e de até R$ 4,8 milhões para as pequenas.

Na opinião de Juliana Diniz, microempreendedora de 40 anos de Brasília (DF), dona de uma empresa de entrega de bebidas, o projeto é muito válido e realmente compensatório por tudo que os responsáveis por pequenos negócios passaram durante a pandemia  — e até mesmo durante esse primeiro ano pós-pandemia.

"Eu acho muito justo, inclusive, é uma forma compensatória. Esse ano nós já tivemos o reajuste do Simples Nacional, de R$ 60 para pouco mais de R$ 80, então, isso vai ajudar muito de forma a dar um incentivo maior porque, nós, MEI, já temos uma renda, digamos, limitada, por sermos micro empresários. Então qualquer R$ 70,00 que a gente tenha que pagar por mês, já faz a diferença no final do ano”, aponta.

O que esperar?

A proposta ainda deve ser analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, da Câmara dos Deputados. Depois, seguirá para o Plenário  onde poderá ser votada para futura implementação.

*Com informações da agência Brasil 61

Deixe seu Comentário

Leia Também

Cartórios podem renegociar dívidas enviadas a protesto
Economia

Cartórios podem renegociar dívidas enviadas a protesto

24/06/2024 21:15
Cartórios podem renegociar dívidas enviadas a protesto
Dólar fecha abaixo de R$ 5,40 pela primeira vez em dez dias
Economia

Dólar fecha abaixo de R$ 5,40 pela primeira vez em dez dias

24/06/2024 18:45
Dólar fecha abaixo de R$ 5,40 pela primeira vez em dez dias
Servidores federais ambientais iniciam greve
Economia

Servidores federais ambientais iniciam greve

24/06/2024 17:15
Servidores federais ambientais iniciam greve
Pantanal Tech MS promoverá painéis empresariais sobre mercado da carne e nutrição animal
Aquidauana

Pantanal Tech MS promoverá painéis empresariais sobre mercado da carne e nutrição animal

24/06/2024 07:30
Pantanal Tech MS promoverá painéis empresariais sobre mercado da carne e nutrição animal
Portabilidade do saldo devedor do cartão de crédito começa em julho
Economia

Portabilidade do saldo devedor do cartão de crédito começa em julho

23/06/2024 17:30
Portabilidade do saldo devedor do cartão de crédito começa em julho
Últimas Notícias