Dourados – MS sexta, 15 de novembro de 2019
Dourados
32º max
20º min
Vacinação

Com dia “D”, Dourados atinge mais de 55% do público-alvo de da vacinação contra pólio e sarampo

20 Ago 2018 - 13h07Por da Redação
Com dia “D”, Dourados atinge mais de 55% do público-alvo de da vacinação contra pólio e sarampo - Crédito: Arquivo/Prefeitura de Dourados Crédito: Arquivo/Prefeitura de Dourados

O dia “D” elevou de forma significativa o número de crianças alcançadas com a campanha de vacinação contra poliomielite e sarampo em Dourados. A ação estruturada pela Prefeitura, por meio do Núcleo de Imunização da Secretaria de Saúde, disponibilizou as dosagens em 36 pontos no sábado (18). Neste dia, 7.049 foram aplicadas.

Os dados foram divulgados na manhã desta segunda-feira (20) pelo Núcleo de Imunização. Com a ação, 56,48% do público-alvo da vacinação contra poliomielite foi alcançado. Já o público-alvo da vacinação contra sarampo alcançado foi de 55,28%.

Em Dourados, 12.950 crianças estão inseridas no público-alvo da campanha que segue até o dia 31 de agosto. O objetivo da gestão municipal é alcançar no mínimo 95% deste total.

Ainda conforme o Núcleo de Imunização, até o dia 17 de agosto o número de crianças que tinham recebido a imunização contra pólio era de 3.289, sendo que ao final do dia D, o número chegou a 7.314. No caso do sarampo, até o dia 17, o número de crianças imunizadas era de 3.955. Após o dia D, o número chegou a 7.159.

Para o secretário municipal de Saúde, Renato Vidigal, o alcance da campanha até o momento é satisfatório, no entanto, a administração buscará ampliar os índices até o final de agosto, quando se encerra a mobilização em nível nacional.

“Toda a rede de saúde está empenhada para alcançar a meta. O dia D trouxe impacto positivo em relação ao número de doses ministradas. Vale ressaltar aos que ainda não levaram as crianças de até cinco anos para receber a vacina, que devem fazê-lo, inclusive se já tiver recebido alguma destas doses, pois, está sendo realizado reforço”, observou Vidigal. 

O alerta do Ministério da Saúde é que a falta de cobertura vacinal pode fazer com que os casos de poliomielite considerados extintos do Brasil voltem a ocorrer. Existem casos da doença atualmente no Afeganistão, Nigéria e Paquistão. O Brasil enfrenta surto de sarampo em Roraima e Amazonas.

A poliomielite pode causar paralisia e até mesmo a morte. O sarampo também pode levar o indivíduo à morte, sendo esta uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro.

As crianças com até cinco anos devem ser vacinadas contra as duas doenças. A imunização é disponibilizada nas unidades básicas de saúde do município. O pai/responsável precisa levar a carteira de vacinação do menor para que ocorra a atualização das doses de vacinas necessárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Feriadão da Proclamação da República será de calor e pouca chuva em MS, diz a previsão
Tempo

Feriadão da Proclamação da República será de calor e pouca chuva em MS, diz a previsão

15/11/2019 06:30
Feriadão da Proclamação da República será de calor e pouca chuva em MS, diz a previsão
Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real
Economia

Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real

14/11/2019 23:38
Dólar volta a fechar no segundo maior valor desde criação do real
Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares
Compras

Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares

14/11/2019 12:13
Cota livre de impostos para compras no Paraguai sobe para 500 dólares
Psicopatas têm maior poder de atração entre mulheres, diz estudo
Entrevista

Psicopatas têm maior poder de atração entre mulheres, diz estudo

14/11/2019 10:22
Psicopatas têm maior poder de atração entre mulheres, diz estudo
Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje
Dinheiro na mão

Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje

14/11/2019 09:08
Abono do PIS-Pasep para os nascidos em novembro começa hoje
Últimas Notícias