Dourados – MS terça, 29 de setembro de 2020
Dourados
37º max
21º min
Cultura

Biko do Trombone, uma vida dedicada à música

16 Set 2020 - 08h02Por Vander Verão
Biko do Trombone, uma vida dedicada à música - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O músico José Rodel Aguirre Echeverria, o Biko do Trombone, já tocou com dezenas de bandas nos Estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Ele reside em Dourados desde 1986, onde tem contribuído sobremaneira para o engrandecimento do setor cultural, graças ao seu talento e competência.

Biko nasceu em Bela Vista (MS), na fronteira com o Paraguai. No entanto, permaneceu pouco tempo em sua cidade natal, já que sua família transferiu residência para o Rio de Janeiro, quando ele tinha apenas 6 anos de idade.

No Rio, a família foi trabalhar e morar na Casa de Assistência Social Paulo de Tarso, um internato para crianças e idosos. Lá, Biko teve os primeiros contatos com a música, quando integrou, como trompetista, a  Banda de Música Paulo de Tarso.

Mesmo antes de atingir a maioridade, Biko fez parte de inúmeras bandas e orquestras em São Paulo e no Paraná.

Em 1986, Biko transferiu residência para Dourados. Aqui, fez parte de alguns grupos musicais, ao mesmo tempo em que trabalhava como agente de Cultura na Funced.

Em 1991, Biko foi escolhido como melhor regente de banda no Conservatório Dramático e Musical Carlos Campos de Tatuí (SP). E, consequentemente, ele foi convidado para reger a Banda Lira Douradense, permanecendo no comando da banda municipal no período de 1991 a 1994.

Em agosto de 1996, Biko do Trombone participou do Show “Quatro Tons”, com Zé Geral, Geraldo Espíndola, Orlando da Gaita e Paulo Gê, no Teatro Dom Bosco, em Campo Grande. Em Dourados atuou ao lado do cantor Daniel Freitas e, também, da banda Dagata e os Aluízios, dentre outros músicos.


Show da Wanderléa

Em abril de 2010, o jornal O Progresso realizou a festa de 60 anos de sua circulação, com um show da cantora Wanderléa, no Salão de Festas da Unigran.

E Biko do Trombone foi convidado e tocou cinco músicas com a Banda Lilás durante esse memorável show da cantora musa da Jovem Guarda. Isso aconteceu porque Biko é amigo de Lauro Califórnia, o Lalo, marido de Wanderléa. Biko acompanhou o ensaio da banda e, à noite, foi ao camarim para cumprimentar os músicos, quando foi convidado para fazer a participação especial. E não deixou por menos.  

Biko disse que na década de 70, ele e Lauro integraram a banda A Seda, em Presidente Venceslau (SP). A banda acabou e cada um seguiu o seu caminho.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voluntários se reinventam para levar alegria no hospital
Esperança

Voluntários se reinventam para levar alegria no hospital

29/09/2020 09:56
Voluntários se reinventam para levar alegria no hospital
Saúde

Transplantes de órgãos caem no Brasil durante a pandemia de Covid-19

27/09/2020 17:06
Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes
Brasil

Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes

27/09/2020 15:04
Problemas na saúde de motoristas são causas de milhares de acidentes
Fronteira deverá ser reaberta na terça-feira para turismo de compra
MS

Fronteira deverá ser reaberta na terça-feira para turismo de compra

27/09/2020 14:09
Fronteira deverá ser reaberta na terça-feira para turismo de compra
Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões
Brasil

Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões

27/09/2020 10:07
Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 60 milhões
Últimas Notícias