Dourados – MS quarta, 27 de outubro de 2021
Dourados
31º max
19º min
Ranking Valor Econômico
Cidades

Procurado por suspeita de desvio de recursos públicos, ex-prefeito de Maracaju deve se apresentar nesta quinta à polícia, diz defesa

Maurílio Ferreira Azambuja teve a prisão temporária decretada pela Justiça por suspeita de envolvimento em desvio de R$ 23 milhões de recursos da prefeitura entre 2019 e 2020

23 Set 2021 - 15h45Por G1
Procurado por suspeita de desvio de recursos públicos, ex-prefeito de Maracaju deve se apresentar nesta quinta à polícia, diz defesa - Crédito: Dracco/Divulgação Crédito: Dracco/Divulgação

Considerado foragido deste esta quarta-feira (22) pela Polícia Civil, o ex-prefeito do município de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja, deve se apresentar ainda nesta quinta-feira (23). A informação é do advogado dele, Rodrigo Dalpiaz, que disse que seu cliente não foi localizado porque estava no Pantanal, na região do rio Piquiri.

Ao g1, o defensor informou que o cliente estava no Pantanal, na região do Piquiri, e está a caminho de Campo Grande. Dalpiaz informou também que não teve acesso aos documentos relativos à prisão temporária do ex-prefeito e só vai se manifestar depois disso.

A prisão, por cinco dias, foi determinada no arcabouço da operação “Dark Mooney”, que investiga desvio de R$ 23 milhões da prefeitura de Maracaju, no período de 2019/2020, quando Azambuja era o prefeito. Ele administrou a cidade em três oportunidades.

Titulares de cargos na administração municipal na época e empresários estão encarcerados desde ontem, quando a “Dark Mooney” foi deflagrada.

Ao todo, sete pessoas foram. Seis por mandados expedidos como parte da operação e uma por posse ilegal de armamento.

Durante o cumprimento de mandados de busca, em 26 endereços, foram apreendidos R$ 143 mil em espécie, além de folhas de cheque no valor de R$ 109 mil.

O que foi apreendido

Responsável pela ação, o Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) informou que foram apreendidos, ainda, uma dezena de veículos, eletrônicos, smartphones, computadores, documentos, armas de fogo e munições de vários calibres, jóias, discos rígidos.

Contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas foram bloqueadas, em número não precisado.

Todos os presos já foram submetidos a exame de corpo de delito e pela audiência de custódia em Maracaju. Os investigados relacionados à operação foram transferidos à carceragem de unidades policiais de Campo Grande. Na Capital, vão prestar depoimento sobre a suspeita de envolvimento em crimes contra o patrimônio público.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Leilão de maquinários da SAD já está disponível e com cadastro prévio para interessados
Oportunidade

Leilão de maquinários da SAD já está disponível e com cadastro prévio para interessados

26/10/2021 17:00
Leilão de maquinários da SAD já está disponível e com cadastro prévio para interessados
Manutenção na Rua Hayel Bon Faker é concluída
Dourados

Manutenção na Rua Hayel Bon Faker é concluída

26/10/2021 15:00
Manutenção na Rua Hayel Bon Faker é concluída
Cidades

Mato Grosso do Sul atende setor de transporte e reduz ICMS do frete

26/10/2021 14:00
Governador anuncia mais 34 escolas de tempo integral na rede estadual de ensino a partir de 2022
Educação

Governador anuncia mais 34 escolas de tempo integral na rede estadual de ensino a partir de 2022

26/10/2021 11:00
Governador anuncia mais 34 escolas de tempo integral na rede estadual de ensino a partir de 2022
Hemosul convoca doadores devido estoque baixo de sangue em Dourados
Doação

Hemosul convoca doadores devido estoque baixo de sangue em Dourados

26/10/2021 10:00
Hemosul convoca doadores devido estoque baixo de sangue em Dourados
Últimas Notícias