Dourados – MS quarta, 28 de outubro de 2020
Dourados
30º max
18º min
Influx
saúde

Após pedido de Marçal, cirurgias eletivas serão retomadas em MS

07 Set 2020 - 09h12
Deputado solicitou ao governo do estado a retomada de cirurgias eletiva - Crédito: ArquivoDeputado solicitou ao governo do estado a retomada de cirurgias eletiva - Crédito: Arquivo

O Governo do Estado autorizou a retomada das cirurgias eletivas na rede pública em Mato Grosso do Sul. A medida atende pedido do deputado estadual Marçal Filho (PSDB), que reivindicou a volta dos procedimentos de forma gradativa. As cirurgias estavam suspensas desde março em razão da pandemia do novo coronavírus.

São consideradas cirurgias eletivas aquelas que não são de urgência e emergência. "A saúde e a qualidade de vida de muitas pessoas foram impactadas porque interromperam tratamentos ou precisaram adiar os procedimentos. A retomada das cirurgias, consultas com especialistas e exames de forma gradual serão importantes para evitar agravamento de quadros clínicos de pacientes e impedir um colapso da saúde lá na frente", diz o deputado.

Embora os hospitais da rede pública estejam focados no atendimento dos casos suspeitos e confirmados da covid-19, resolução da Secretaria de Estado de Saúde, que autoriza o retorno das cirurgias, fará com que os agentes públicos comecem a estudar estratégias para voltar a realizar procedimentos, de forma segura e respeitando uma série de medidas a serem observadas, como disponibilidade de vagas Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes para Covid-19.

Para a tomada de decisão, a Secretaria de Estado Saúde avaliou considerações defendidas por Marçal Filho que permitem a retomada dos procedimentos, como o caráter dinâmico do comportamento geográfico da disseminação da Covid-19, sobretudo que o adiamento do início ou da continuidade do tratamento daqueles pacientes com doenças não emergenciais, pode resultar em aumento da dor, acréscimo das complicações, sobrecarga ao sistema de saúde e consequentemente a morbimortalidade.

Outra decisão que levou em consideração a retomada das cirurgias eletivas é que, quanto mais tempo perdurem os procedimentos, o volume de pessoas doentes com necessidade de cirurgias irá aumentar, sobrecarregando o sistema público de saúde.

Conforme a resolução, para atender a retomada das cirurgias, os hospitais deverão seguir alguns critérios técnicos como levar em conta a existência de um número apropriado de leitos hospitalares disponíveis, principalmente de UTI; ter a disposição exames para detectar o coronavírus nos pacientes e equipe de saúde, além de uma série de medidas a serem tomadas no pré e pós-operatório, com recomendações de atendimento padronizados para obter confiabilidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Procura por livros literários cresce durante a pandemia
Comportamento

Procura por livros literários cresce durante a pandemia

há 21 minutos atrás
Procura por livros literários cresce durante a pandemia
Falta de incentivo ameaça a produção literária em Dourados
Cultura

Falta de incentivo ameaça a produção literária em Dourados

há 46 minutos atrás
Falta de incentivo ameaça a produção literária em Dourados
Após receber multidão de turistas, MPE recomenda medidas para evitar aglomerações em Bonito
pandemia

Após receber multidão de turistas, MPE recomenda medidas para evitar aglomerações em Bonito

28/10/2020 09:49
Após receber multidão de turistas, MPE recomenda medidas para evitar aglomerações em Bonito
Trabalhador morre ao cair de contêiner em construção de auditório
Tragédia

Trabalhador morre ao cair de contêiner em construção de auditório

28/10/2020 08:29
Trabalhador morre ao cair de contêiner em construção de auditório
Nildo Pacito venceu o 3º Fempop em 1980
Cultura

Nildo Pacito venceu o 3º Fempop em 1980

28/10/2020 08:03
Nildo Pacito venceu o 3º Fempop em 1980
Últimas Notícias