Dourados – MS quinta, 18 de agosto de 2022
Dourados
30º max
18º min
Campanha de Utilidade Pública - Caruru
Justiça

União nega omissão em proteger indígenas isolados e recém contatados

Manifestação da AGU foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal

05 Ago 2022 - 18h45Por Agência Brasil
União nega omissão em proteger indígenas isolados e recém contatados
 - Crédito: Wesley Mcallister/AscomAGU Crédito: Wesley Mcallister/AscomAGU

Em manifestação enviada ontem (4) ao Supremo Tribunal Federal (STF), a Advocacia-Geral da União (AGU) afirmou que não há omissão do governo federal na proteção das Terras Indígenas (TI) com presença de grupos isolados ou de recente contato. O parecer foi encaminhado por meio de uma mensagem assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

A resposta da União chega pouco mais de um mês após o relator do caso no STF, ministro Edson Fachin, ter aberto prazo de cinco dias para que Presidência da República e da Fundação Nacional do Índio (Funai)se manifestassem a respeito da proteção aos povos indígenas isolados ou de recente contato.

O longo tempo para resposta da União se deu em função do recesso judiciário, que suspendeu o andamento dos prazos processuais durante o mês de julho. Na manifestação desta quinta-feira (4), a AGU afirma que, em ofício, a Funai descreveu uma série de projetos e ações para proteger grupos isolados e de recente contato. Desse modo, “surge impróprio falar-se em omissão”, escreveu Dennys Casellato Hossne, advogado da União que assina o documento.

A manifestação foi anexada a uma ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) aberta pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) em 30 de junho, na qual a entidade acusa a União de omissão e alega risco de “extermínio étnico” na região amazônica. “O risco é de genocídio, como vêm alertando as organizações indígenas, a imprensa e diversos organismos e instituições internacionais", escreveu a entidade.

Crimes

Na peça inicial do processo, a Apib descreveu casos de crime ambiental cometidos nas Terras do Vale do Javari, no oeste do Amazonas, onde recentemente ocorreu o assassinato do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo.

A entidade pediu ao STF que obrigue o governo federal a elaborar um plano para proteger as terras indígenas que contam com a presença de grupos isolados e de contato recente. Outro pedido foi para que a União seja obrigada a direcionar mais recursos para robustecer o orçamento da Funai.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) ainda deve enviar sua manifestação sobre o assunto. Em seguida, caberá ao plenário do Supremo analisar os pedidos da Apib, uma vez que Fachin já informou que não deve decidir sozinho (monocraticamente) sobre a questão. Ainda não há previsão para que o processo seja incluindo na pauta de julgamentos.

Ofício

Em resposta à acusação de omissão, a Funai disse ter investido R$ 51,4 milhões entre 2019 e 2021 em ações de proteção, quantia que seria 335% maio que os R$ 11,8 milhões aplicados entre 2016 e 2018, segundo o órgão.

No mesmo ofício, a Funai descreve ações que tem tomado para proteger os indígenas, como a contratação simplificada de pessoal extra para atuar nas TI, a realização de 26 expedições de localização e monitoramento de indígenas isolados e a intensificação do trabalho de monitoramento remoto, via satélite, da cobertura vegetal das TI.

O órgão afirmou também ser “contra qualquer intenção de indivíduos que busquem contato com grupos indígenas que vivem em isolamento voluntário, uma vez que adota a política de não-contato praticada pelo Estado brasileiro”.

Na manifestação enviada ao Supremo, a AGU afirmou que a ação aberta pela Apib “limita-se à discordância em relação às políticas públicas atualmente adotadas, sem que, contudo, exista inação do poder público”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF derruba regra do TST com punição para férias pagas em atraso
Brasil

STF derruba regra do TST com punição para férias pagas em atraso

17/08/2022 09:45
STF derruba regra do TST com punição para férias pagas em atraso
Dia do Patrimônio Histórico: Senado aprovou medidas para mais preservação
Brasil

Dia do Patrimônio Histórico: Senado aprovou medidas para mais preservação

17/08/2022 07:15
Dia do Patrimônio Histórico: Senado aprovou medidas para mais preservação
Consumidores apresentam quase 1 milhão de reclamações na Anatel
Reclamações

Consumidores apresentam quase 1 milhão de reclamações na Anatel

16/08/2022 23:45
Consumidores apresentam quase 1 milhão de reclamações na Anatel
Ações do MS em terra indígena no Pará terão apoio da Força Nacional
Brasil

Ações do MS em terra indígena no Pará terão apoio da Força Nacional

16/08/2022 16:45
Ações do MS em terra indígena no Pará terão apoio da Força Nacional
Confederação questiona piso salarial de profissionais de enfermagem
Brasil

Confederação questiona piso salarial de profissionais de enfermagem

15/08/2022 13:45
Confederação questiona piso salarial de profissionais de enfermagem
Últimas Notícias