Dourados – MS sábado, 06 de março de 2021
Dourados
32º max
21º min
Influx
Migrantes

Secretaria de Direitos Humanos firma parceria para beneficiar migrantes em MS

15 Jul 2016 - 16h49Por Do Progresso
Secretaria de Direitos Humanos firma parceria para beneficiar migrantes em MS -
Buscando regularizar, apoiar e dar mais qualidade de vida para migrantes que desembarcam em Mato Grosso do Sul e que estejam com pendências de documentação, como por exemplo a certidão consular e a validação do passaporte, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por meio de parceria com a embaixada do Haiti e o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, disponibiliza serviço de orientação e envio de documentos que irá auxiliar esses migrantes. O serviço que é oferecido na Casa da Cidadania – rua Cândido Mariano, 713, na Capital, das 13h às 17h30, desde o último dia 07, já atendeu mais de 25 pessoas.

Uma estimativa informal da embaixada do Haiti revela que mais de 1 mil haitianos vivem em Mato Grosso do Sul e necessitam de documentação. Para a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho , Elisa Cleia Nobre, essa é uma maneira de regularizar a situação e inclui-los, devidamente, na sociedade brasileira. "São pessoas que chegam ao nosso estado em busca de oportunidades e crescimento. Nosso papel é apoiá-los e darmos condições para que vivam bem e contribuam para o crescimento de Mato Grosso do Sul, respeitando assim as normativas dos Direitos Humanos", declara.

Migrantes de outras nacionalidades também podem buscar o serviço na Casa da Cidadania, como explica a técnica da Superintendência de Direitos Humanos, Rosangela Rodrigues. "Inicialmente essa parceria atende haitianos devido à parceria firmada, mas outros migrantes, que necessitam de orientação, também podem nos procurar", diz.

Especificamente para os haitianos o prazo de solicitação de documentos, que será coordenado e enviados gratuitamente pela Sedhast para a embaixada do Haiti em Brasília (DF), vai até 31 de agosto. O atendimento também será itinerante e deve chegar a Itaquiraí, distante 404 quilômetros da Capital, no próximo mês. A entrega dos documentos deve acontecer no mês de novembro.

Serviço

A Casa da Cidadania (CASC), ligada à Sedhast, está localizada rua Cândido Mariano, 713, em Campo Grande. Mais informações sobre essa ação podem ser obtidas por meio do telefone (67) 3382 9788.

Deixe seu Comentário