Dourados – MS domingo, 20 de setembro de 2020
Dourados
27º max
16º min
Migrantes

Secretaria de Direitos Humanos firma parceria para beneficiar migrantes em MS

15 Jul 2016 - 16h49Por Do Progresso
Secretaria de Direitos Humanos firma parceria para beneficiar migrantes em MS -
Buscando regularizar, apoiar e dar mais qualidade de vida para migrantes que desembarcam em Mato Grosso do Sul e que estejam com pendências de documentação, como por exemplo a certidão consular e a validação do passaporte, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), por meio de parceria com a embaixada do Haiti e o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, disponibiliza serviço de orientação e envio de documentos que irá auxiliar esses migrantes. O serviço que é oferecido na Casa da Cidadania – rua Cândido Mariano, 713, na Capital, das 13h às 17h30, desde o último dia 07, já atendeu mais de 25 pessoas.

Uma estimativa informal da embaixada do Haiti revela que mais de 1 mil haitianos vivem em Mato Grosso do Sul e necessitam de documentação. Para a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho , Elisa Cleia Nobre, essa é uma maneira de regularizar a situação e inclui-los, devidamente, na sociedade brasileira. "São pessoas que chegam ao nosso estado em busca de oportunidades e crescimento. Nosso papel é apoiá-los e darmos condições para que vivam bem e contribuam para o crescimento de Mato Grosso do Sul, respeitando assim as normativas dos Direitos Humanos", declara.

Migrantes de outras nacionalidades também podem buscar o serviço na Casa da Cidadania, como explica a técnica da Superintendência de Direitos Humanos, Rosangela Rodrigues. "Inicialmente essa parceria atende haitianos devido à parceria firmada, mas outros migrantes, que necessitam de orientação, também podem nos procurar", diz.

Especificamente para os haitianos o prazo de solicitação de documentos, que será coordenado e enviados gratuitamente pela Sedhast para a embaixada do Haiti em Brasília (DF), vai até 31 de agosto. O atendimento também será itinerante e deve chegar a Itaquiraí, distante 404 quilômetros da Capital, no próximo mês. A entrega dos documentos deve acontecer no mês de novembro.

Serviço

A Casa da Cidadania (CASC), ligada à Sedhast, está localizada rua Cândido Mariano, 713, em Campo Grande. Mais informações sobre essa ação podem ser obtidas por meio do telefone (67) 3382 9788.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Cães abandonados

“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo

13/09/2020 09:05
“Muita gente desconta no animal, como se ele tivesse culpa”, diz criadora de abrigo
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Campo Grande

Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações

11/09/2020 17:16
Capital constrói identidade cultural pelas influências das fronteiras e imigrações
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Brasil

Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos

26/08/2020 11:28
Lei estabelece regras para cancelamento e remarcação de viagens e eventos
Últimas Notícias