Dourados – MS segunda, 28 de setembro de 2020
Dourados
32º max
21º min
Variedades

Nada muda

25 Jan 2016 - 09h52
Não existe nada de manifestação oficial da Polícia Federal sobre tal “armação” para produzir o material que embasou a prisão do senador Delcídio do Amaral. Aliás, o que existe é uma estratégia de defesa em cima de um diz que me diz publicado dando conta de que o filho de Cerveró teria sido orientado a gravar a fala de Delcídio, o que aliás, não faz a menor diferença sobre o teor da fala dele que gerou sua prisão por parte da Polícia Federal.


##### E daí?


Segundo a publicação, Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, pode não ter agido sozinho e teria sido orientado em relação à forma de conduzir e gravar conversa com Delcídio. E daí?

##### Termo “armação”


Na coluna de uma jornalista da Folha ela publica que, em caráter reservado, ou seja, não oficialmente, investigadores da Lava Jato concordam que há indícios de que a gravação não foi uma decisão espontânea de Bernardo. “Há quem use o termo “armação”, traz a publicação. Na realidade essa conversa não passa de uma “armação” em cima de uma “armação” que estariam tentando criar.

##### Novo recurso


Os advogados do senador estão em fase de preparação de um novo recurso para libertá-lo da prisão. A primeira tentativa, ainda no fim do ano passado, não deu certo.

##### De costas


Delcídio, por sua vez, estaria irritado e se sentindo traído pelo governo federal, pelo PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele estaria se sentindo abandonado pelos “companheiros” que viraram as costas para o senador na hora em que ele mais necessitava. Que isso companheiros!

##### ‘Agente Criminoso’


Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-geral da República Rodrigo Janot chamou o senador Delcídio Amaral de ‘agente criminoso’. O chefe do Ministério Público Federal sustentou que Delcídio ‘se trata de agente que não mede as consequências de suas ações para atingir seus fins espúrios e ilícitos’. Os argumentos de Janot foram acolhidos pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF, que manteve de pé o decreto de prisão preventiva do senador.

##### Lava Jato


O senador Delcídio do Amaral (PT-MS), então líder do governo no Senado foi preso no dia 25 de novembro do ano passado pela Polícia Federal por estar atrapalhando apurações da Operação Lava Jato. Sua prisão foi um pedido da Procuradoria-Geral da República e autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

##### Na compra


Delcídio foi preso por tentar dificultar a delação premiada de Cerveró sobre uma suposta participação do senador em irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

##### Plano de fuga


Segundo investigadores, Delcídio chegou até a oferecer fuga a Cerveró, para que o ex-diretor não fizesse a delação premiada, o que reforçou para as autoridades a tentativa do petista de obstruir a Justiça. A prova da tentativa de obstrução é justamente essa gravação nítida feita pelo filho de Cerveró que mostra a tentativa do senador de atrapalhar as investigações e de oferecer fuga para o ex-diretor não fazer a delação.

##### “Centrar fogo


No pedido de prisão enviado ao STF, Janot transcreve trechos das conversas de Delcídio do Amaral com o filho de Nestor Cerveró. Em um dos trechos, o senador diz que precisa “centrar fogo no STF”, referindo-se a ministros com quem teria conversado para tentar blindar o ex-diretor da Petrobras.

##### As conversas


“Eu acho que nós temos que centrar fogo no STF agora, eu conversei com o Teori (Zavascki), conversei com o (Dias) Toffoli, pedi para o Toffoli conversar com o Gilmar (Mendes), o Michel (Temer) conversou com o Gilmar também, porque o Michel tá muito preocupado com o (Jorge) Zelada, e eu vou conversar com o Gilmar também”, disse Delcídio.

##### Pagamento mensal


Sobre o acordo de pagamento mensal à família de Cerveró, o documento enviado por Janot ao STF traz trecho de uma conversa entre Delcídio, o advogado Edson Ribeiro e o filho do ex-diretor da Petrobras. Para Janot, com a conversa, fica “induvidoso que essas pessoas não mediram esforços para influir nos itinerários probatórios da Operação Lava Jato”.

##### Não é isso?


“Só pra colocar. O que que eu combinei com o Nestor que ele negaria tudo com relação a você (Delcídio) e tudo com relação ao (...). Tudo. Não é isso?”, questiona o advogado Edson Ribeiro.

##### Não vai ter


“Tá acertado isso. Então não vai ter. Não tendo delação, ficaria acertado isso. Não tendo delação. Tá? E se houvesse delação, ele também excluiria”, complementa.


“É isso”, confirma o senador. “E aí a gente encaminha as coisas conforme o combinado. Vê como é que vai ser a operação de que jeito contratualmente, aquilo tudo que eu conversei com você”, diz. Ao final da conversa, Delcídio se refere ao filho de Cerveró e afirma: Bernardo, esse é o compromisso que foi assumido, né? E nós vamos honrar”.

##### O “foco”


Em outro trecho da conversa entre Delcídio e o filho de Cerveró, o senador afirma que o “foco” deve ser tirar o ex-diretor da Petrobras da prisão. “Agora a hora que ele sair tem que ir embora mesmo”, sugere o senador. Logo depois, o filho de Cerveró diz ao petista que estava pensando em uma rota de fuga pela Venezuela e que o “melhor jeito” seria fugir em um barco. Pouco depois, Delcídio sugere, então, que a melhor rota de fuga seria pelo Paraguai.

##### Falcon 50


“Tem que pegar um Falcon 50 (modelo de avião), alguma coisa assim. Aí vai direto, vai embora. Desce na Espanha”, afirma Delcídio. “Falcon 50, o cara sai daqui e vai direto até lá”, complementou Delcídio. O senador foi preso no hotel onde mora em Brasília, o mesmo em que estava hospedado o pecuarista e empresário José Carlos Bumlai que foi preso pouco tempo depois.

##### Que frase!


“Como você diz que é um comunista? Bem, é alguém que lê Marx e Lênin. E como você diz um anti-comunista? É alguém que entende Marx e Lênin.” (Ronald Reagan).

Deixe seu Comentário

Leia Também

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
Turismo

MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados

21/09/2020 10:36
MTur disponibiliza R$ 13,5 milhões para ações de retomada do turismo nos estados
O julgamento de Deus
Artigo

O julgamento de Deus

17/09/2020 08:51
O julgamento de Deus
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Saúde

Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono

13/09/2020 10:11
Professor de Medicina explica sobre a qualidade do sono
Últimas Notícias