Dourados – MS quarta, 02 de dezembro de 2020
Dourados
33º max
23º min
Influx
Imaculada-Mobile
Variedades

Filtro solar que protege e trata

27 Nov 2010 - 00h19
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -
Filtro solar é item obrigatório. Os dermatologistas são unânimes e recomendam o uso diário do protetor como a me-lhor forma de evitar o envelhecimento precoce e o câncer de pele. De olho nessas preocupações, a indústria reage. Já é possível encontrar no mercado produtos desenvolvidos com tecnologia de ponta que aliam a proteção biológica com ati-vos antienvelhecimento – além de protegerem a pele física e quimicamente dos efeitos dos raios UVA e UVB, eles tam-bém combatem a formação de radicais livres e preservam o colágeno, substância responsável pelo viço e firmeza.

A linha Ansolar, da Stiefel, com FPS 30, 60 ou 70, traz na fórmula uma combinação de agentes antioxidantes, entre eles o Alistin, que previne a ação de radicais livres. Disponível em diferentes apresentações, a versão gel-creme merece destaque por vir em cápsulas individuais para aplicação tópica. Entre os lançamentos para o verão 2011, a La Roche-Posay apresenta o Anthelios XL Fluide Mexoplex. Com FPS 60, a ação antioxidante é reforçada por ingredientes como a água termal e Senna Alata – uma planta tropical que desenvolveu um sistema de autodefesa por viver em ambiente enso-larado.

Mais novidade: a linha da Eucerin, lançada no Brasil pelo Aché Laboratórios, tem tecnologia 3D. Os produtos oferecem proteção física, química e biológica e contam com Licochalcona A na fórmula, poderoso agente antienvelheci-mento.

Mas como escolher o protetor solar ideal? A Dra. Mariane Shono, da Clínica de Dermatologia do Dr. Nuno Osório, dá algumas dicas. Segundo ela, devem ser considerados fatores como: tipo de pele, área a ser aplicado (rosto ou corpo), objetivo (uso diário ou para prática de esportes), e a possível existência de doenças de pele, que são agravadas ou desen-cadeadas pela luz solar. Nesse caso, o fator deve ser maior.

Adriana Leite, dermatologista e colunista do Delas, recomenda o uso do filtro solar 30 diariamente. Na praia, o cuida-do deve ser redobrado. Quanto mais clara e sensível for a pele, maior deve ser a potência do produto. A dermatologista Adriana Vilarinho frisa: “O ideal são os que têm ação UVA/UVB e que façam ação de bloqueadores também”. É que os protetores atuam de duas maneiras: com filtros químicos e físicos, esse último tipo possui partículas opacas na composi-ção que formam uma barreira física para bloquear os raios solares.

Para aqueles que reclamam do aspecto esbranquiçado que os protetores deixam na pele, a doutora aconselha as ver-sões tonalizadas, que colorem suavemente e podem ser enriquecidos com vitaminas. Siga essas dicas:
- O correto é aplicar 2 miligramas (uma colher de chá) de filtro solar por centímetro quadrado de corpo. Calcula-se que, para uma pessoa de porte médio, são necessárias nove porções de filtro distribuídas pelo corpo. Aplique uma porção em cada uma das seguintes regiões: face e pescoço, barriga e peito, braço e ombro direto, braço e ombro esquerdo e cos-tas. Duas porções para perna e pé esquerdo, e a mesma quantidade para perna e pé direito.

- Protetores “resiste à água” e “à prova d’água”? O produto “resistente à água” é capaz de resistir a 40 minutos de i-mersão em água, enquanto os à prova d’água resistem a 80 minutos de imersão em água. Isso significa que o FPS do pro-duto se mantém inalterado por esses períodos de imersão em água ou atividade física moderada.

- Fique de olho na embalagem, pois os bons protetores levam o selo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Prefira um produto resistente à água e confira se ele protege também contra os raios UVA. O fator de proteção UVA deve ser um terço da proteção UVB (aquele que vem gravado na embalagem), por exemplo: um protetor solar 30 deve ter fator de proteção 10, pelo menos. Por isso, leia o rótulo com atenção.

- O FPS alto (maior do que 50) é indicado para pessoas com dermatoses desencadeadas pelo sol e para pessoas que se submeteram a algum procedimento mais agressivo, como peeling, laser ou uso de ácidos na pele. Crianças também preci-sam de um alto nível de proteção, para isso, utilize protetor solar a partir de FPS 40 e complemente com outros recursos, como bonés e camisetas.

- Na praia, aplique o protetor solar de 15 minutos a 30 minutos antes da exposição solar. Reaplique a cada duas horas ou após transpiração excessiva ou mergulho na água.
- Os sprays são indicados para pessoas que sentem dificuldade na aplicação em áreas de difícil acesso, como costas, por exemplo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Água na Lua

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua

26/10/2020 16:27
Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Biketerapia

Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados

26/10/2020 13:20
Ciclismo se torna terapia e superação em Dourados
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
Selo internacional

Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC

04/10/2020 11:13
Turismo no Mato Grosso do Sul conquista selo Safe Travels, da WTTC
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Recreação

"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos

25/09/2020 07:23
"Jorjão" oferece atividades remotas para todos os públicos
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Condenação

Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida

21/09/2020 16:57
Empresa de estúdio fotográfico é condenada por cobrança indevida
Últimas Notícias