Dourados – MS quinta, 04 de março de 2021
Dourados
33º max
22º min
Influx
Bebês e Crianças

Teatro no Studio Blanche Torres

15 Mar 2016 - 06h00
Curso de Teatro no Studio Blanche Torres trabalha a leitura dos clássicos da literatura como Maria Clara Machado, Manoel de Barros, Ariano Suassuna, dentre outros. - Crédito: Foto: Marcos RibeiroCurso de Teatro no Studio Blanche Torres trabalha a leitura dos clássicos da literatura como Maria Clara Machado, Manoel de Barros, Ariano Suassuna, dentre outros. - Crédito: Foto: Marcos Ribeiro
O Studio Blanche Torres está oferecendo aulas de teatro com a professora Márcia Oliveira. Os encontros acontecem às sextas-feiras, das 16h às 18h30 e são direcionadas para todas as faixas etárias. O objetivo é montar um grupo e encenar uma peça baseada em um clássico da dramaturgia infanto-juvenil. A previsão de estreia é para o segundo semestre deste ano.


Segundo Marcia, o curso vem fornecer uma sólida formação no "fazer teatral". "São trabalhados exercícios teatrais para vivenciar a construção coletiva, explorando as capacidades da voz e do corpo. Neste curso de teatro as escolhas que são feitas têm como foco a liberdade expressiva, a licença poética, a escrita em diálogo com a própria cultura. A partir deste diferencial o aluno de teatro aprende a ser o produtor de uma cultura que está em constante transformação", argumenta Márcia.


Neste processo de formação, Márcia destaca a leitura de clássicos de escritores da literatura como Maria Clara Machado, Manoel de Barros, Ariano Suassuna, Saint Exupery, Ilo Krugli. "Uma criança desta turma de teatro diante do texto "A Menina e o Pássaro Encantado" do escritor Rubem Alves, se deparou com o termo longínquo. No texto de Rubem Alves o adjetivo longínquo é um lugar que se encontra a grande distância no espaço ou no tempo, mas o que significa pensar o longínquo para uma criança acostumada com o uso da Internet, se hoje acessamos com rapidez e tempo real qualquer lugar do planeta? O sentido da palavra na leitura de um texto teatral, poesia, música, conto nos permite construções poéticas, análises históricas e sociais sobre o mundo", salienta.


A professora diz que o diferencial das aulas no Studio Blanche Torres é que a "turma lê, improvisa, escreve, abre diálogo com seus amigos, reescreve. A ideia é que após entenderem como se cria o texto teatral e apresentarem o resultado do seu próprio processo".


Marcia Oliveira é formada pela Universidade Federal de Artes Cênicas de Uberlândia (MG) e tem especialização de projetos culturais do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Belo Horizonte e concluiu mestrado no ano passado pela Universidade Federal de Minas Gerais.


No ano passado, ela foi professora do curso de Artes Cênicas pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Esteve a frente da Oficina do projeto TIM Arte e Educação da Secretaria Municipal de Cultura de Uberlândia, além de participação em inúmeras experiências artísticas no estado de Minas Gerais, nas funções de direção teatral, performance e dança contemporânea.


"Este curso de teatro é reflexo da minha experiência enquanto professora-artista e pesquisadora em espaços institucionais em Minas Gerais, nos quais procurei sempre gestar cultura. E o meu propósito sempre foi investigar no teatro uma proposta educacional que pense a cultura em sua totalidade", arremata Marcia.

Serviço


Studio Blanche Torres, Rua Olinda Pires de Almeida, 1.695, Vila Progresso, telefone (67) 3421-0018.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias