Dourados – MS sexta, 26 de fevereiro de 2021
Dourados
34º max
24º min
Influx
PARTIDO ALIADO

Estamos 'bastante interessados' em manter o PMDB no governo, diz Dilma

23 Mar 2016 - 12h07
O partido marcou para o dia 29 reunião do Diretório Nacional na qual decidirá se rompe ou não com o Palácio do Planalto. - O partido marcou para o dia 29 reunião do Diretório Nacional na qual decidirá se rompe ou não com o Palácio do Planalto. -
A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (23), após visitar uma instalação militar em Brasília, que o governo está "bastante interessado" em manter o PMDB. O partido marcou para o dia 29 reunião do Diretório Nacional na qual decidirá se rompe ou não com o Palácio do Planalto.

Mesmo barrado pela Justiça de assumir a Casa Civil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já opera em Brasília, informalmente, para tentar conter a debandada de aliados da base governistas. Nesta terça (22), o petista se reuniu com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e com o ex-presidenteJosé Sarney (PMDB-AP) para tentar convencer os dois caciques peemedebistas a permanecerem nas fileiras governistas.

"Nós todos estamos bastante interessados na questão relativa à permanência do PMDB no governo. Tenho muita certeza que nossos ministros estão comprometidos com sua permanência no governo", disse a presidente, questionada sobre se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está a ajudando a convencer o PMDB a não desembarcar do governo.

Na última segunda (21), o vice-presidenteMichel Temer, presidente nacional do PMDB, se reuniu com o presidente do PSDB, senadorAécio Neves (MG), em São Paulo. Perguntada sobre se Temer "está sentando na cadeira" dela, Dilma Dilma tentou minimizar a aproximação de seu vice com a oposição.

"Tem certo tipo de suposição, de avaliações que são não só precipitadas, como não são corretas. Nós queremos muito que o PMDB permaneça no governo. Tenho certeza que meus ministros têm compromisso com governo. Então, a gente vai ver quais serão as decisões do PMDB e respeitaremos as referidas decisões".


Lava Jato
Dilma também comentou nesta quarta-feira a decisão do ministro Teori Zavascki que mandou o juiz federal Sérgio Moro enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF) as investigações envolvendo Lula na Lava Jato. Na avaliação da petista, a decisão do magistrado da Suprema Corte é "importante" porque estabelece o que está previsto na legislação.

"A decisão do ministro Teori é importante porque estabelece o primado na lei nas relações dos órgãos que investigam com o presidente Lula. Acho que foi um absurdo [a divulgação de áudios] no sentido de que feriu a base do estado democrático de direito e as garantias e direitos constitucionais da Presidência da República vazar diálogo [de Lula] com a presidenta", declarou Dilma após visitar uma instalação militar em Brasília.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias