Dourados – MS domingo, 28 de fevereiro de 2021
Dourados
36º max
22º min
Influx
Bebês e Crianças

Cantora Delinha pode se tornar embaixadora da Cultura

11 Fev 2016 - 07h00
Delinha poderá ser embaixadora cultural de Campo Grande em projeto que será votado hoje. - Crédito: Foto: DivulgaçãoDelinha poderá ser embaixadora cultural de Campo Grande em projeto que será votado hoje. - Crédito: Foto: Divulgação
A cantora Delinha – nascida Delanira Pereira Gonçalves – que este ano completa 80 anos de idade e mais de 70 anos residindo no mesmo endereço, em uma casa antiga no bairro Amambaí, deverá ser nomeada hoje, Embaixadora da Cultura de Campo Grande, com a votação de projeto na Câmara Municipal. O projeto é de autoria dos vereadores Vanderlei da Silva Matos, o Vanderlei Cabeludo (PMDB) e Eduardo Romero (Rede).


Segundo a assessoria da Câmara, a votação deve acontecer na única sessão ordinária desta semana e, em caso de aprovação, o projeto deverá ser encaminhado ao Executivo para ser sancionado pelo prefeito Alcides Bernal (PP).


Em suas justificativas para apresentar o projeto, Cabeludo e Romero destacaram a cantora como um ícone na área cultural da Capital e Delinha deverá representar a cidade de Campo Grande em todos os eventos ligados à cultura, no Mato Grosso do Sul e em outros estados. Segundo os vereadores, a história de Delinha se confunde com a emancipação de Campo Grande e que o título é o reconhecimento da cantora que, com quase 60 anos de carreira, será a representante da cultura e da música sertaneja raiz.


No projeto consta que as despesas de representação da embaixadora em eventos culturais serão de responsabilidade da instituição requisitante e que a Fundação Municipal de Cultura (Fundac), poderá firmar convênios para garantir locomoção, alimentação, estadia e outras despesas ocasionadas pela presença de Delinha em eventos.


Os vereadores destacaram, no projeto, que Delinha, quando em dupla com Délio – nascido José Pompeu – era denominado, desde os anos 50, quando iniciaram a carreira, como o “Casal Onça de Mato Grosso”, levando com suas músicas a belezas, esperanças, sonhos e os costumes do então Mato Grosso – e incluindo Campo Grande – para outros recantos do país.


Os vereadores destacaram ainda que a sonoridade, o timbre de voz e as letras da dupla, que continuaram na carreira solo de Delinha, conquistam o coração de que as ouve e que a cantora, por onde passa e se apresenta, atrai a admiração do público, superando dificuldades como uma mulher forte, guerreira, íntegra, compromissada com sua arte e cumpridora de contratos, agindo com lisura e honestidade, que a levaram ao reconhecimento não somente da população da Capital, mas de Mato Grosso do Sul.


Delinha, no ano passado, gravou o DVD “Sinfônico”, com a participação de convidados no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo em Campo Grande, com seus principais sucessos e que deve ser lançado breve.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Projeto

Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias

30/11/2020 15:51
Sem famílias acolhedoras, crianças violentadas são retiradas das aldeias
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Adoção

Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção

26/11/2020 12:36
Lei manda informar sobre entrega de filho para adoção
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Saúde

Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios

16/11/2020 15:21
Novembro Roxo aborda a prematuridade e seus desafios
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Boa Ação

Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus

13/11/2020 15:13
Dourados tem 45 cartinhas de crianças e adolescentes na Campanha de Natal do Pacijus
Últimas Notícias