Dourados – MS quinta, 24 de setembro de 2020
Dourados
33º max
17º min
Arquitetura & Decoração

Como fazer um bom projeto paisagístico

30 Nov 2015 - 09h31Por Do Progresso
Valorizar a beleza das plantas por si só, permitindo que cada uma delas possa ser notada, ainda que estejam agrupadas com outras espécies. - Crédito: Foto: DivulgaçãoValorizar a beleza das plantas por si só, permitindo que cada uma delas possa ser notada, ainda que estejam agrupadas com outras espécies. - Crédito: Foto: Divulgação
O paisagismo é a alma da casa. Seja um jardim ou um conjunto de vasos de plantas e flores, é sinônimo de vida. Felizmente, cada vez mais estamos nos reconectando com o verde, que se funde às construções realçando formas e rompendo a rigidez dos materiais. Mas e quanto à técnica dessa arte, o que é preciso para deixar o lar em harmonia com o verde? Como harmonizar o paisagismo com as linhas arquitetônicas da casa?

Cada profissional tem os seus truques. De maneira geral, um bom projeto integra-se com a residência por meio da vegetação escolhida – sempre tem de ser compatível com o clima local – e do aproveitamento do espaço.
Valorizar a beleza das plantas por si só, permitindo que cada uma delas possa ser notada, ainda que estejam agrupadas com outras espécies, é uma das missões dos paisagistas.

Com a incumbência de selecionar as plantas viáveis na região onde se encontra a casa, o profissional faz um levantamento de dados técnicos do ambiente, como luz, volumes e espaço. Com todos esses parâmetros, o jardim pode assumir aspecto tropical, desértico, contemporâneo, clássico, enfim, diversos estilos podem ser criados para atender às expectativas do proprietário.

A etapa seguinte é a manutenção das plantas. Mesmo em vasos, precisam sempre de acompanhamento para que cresçam saudáveis e tenham vida longa.

Dez dicas

1. Contrate um profissional da área. Fazer com curiosos pode custar mais caro.
2. Solicite um projeto. Quando bem feito, ele trará uma visão exata de como o jardim ficará.
3. Procure fazer todas as alterações em conjunto com o profissional. Ele tentará adequar, dentro das possibilidades, as plantas de que você gosta.
4. Informe-se sobre a manutenção de cada espécie antes de decidir sobre ela.
5. Se você não conhece, procure ver e tocar as plantas que lhe são indicadas antes de aprovar ou comprar.
6. Faça sempre uma iluminação adequada para cada jardim. Ela é parte importante da valorização deste.
7. Utilize poucos acessórios complementares, como bonecos, bichinhos etc., para não poluir o visual.
8. Use sempre terra especial, com nutrientes. Algumas plantas são mais frágeis e a não utilização de terra fértil causa sua perda rapidamente.
9. Somente plante frutíferas na varanda se não se importar excessivamente com limpeza. Lembre-se que elas dão os frutos, mas sempre haverá folhinhas caídas no piso.
10. Procure deixar todas as plantas visíveis em uma composição. Plantas de maior porte devem ficar mais afastadas da parte frontal do jardim, entre elas coloque as de menor porte, fazendo com que todas fiquem valorizadas e bem definidas. Cada uma tem sua beleza, mas se amontoadas perdem o valor individual.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Branding em Arquitetura
Variedades

Branding em Arquitetura

30/07/2020 14:38
Branding em Arquitetura
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Exposição

Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz

30/07/2020 14:35
Jonir Figueiredo expõe mandalas de luz
Últimas Notícias