Dourados – MS sábado, 18 de setembro de 2021
Dourados
38º max
22º min
Tecnologia

Sony e Nissan retomam produção parcial em fábricas do Japão

21 Mar 2011 - 19h40
Sony e Nissan retomam produção parcial em fábricas do Japão -
A Sony anunciou nesta segunda-feira (21) que vai retomar parcialmente a produção em uma fábrica de baterias de íon de lítio em Tochigi, Japão, na terça-feira, deixando ainda seis fábricas fechadas, que produzem uma série de dispositivos desde cartões de circuito a discos Blu-ray.

A gigante dos produtos eletrônicos é uma de dezenas companhias japonesas que fecharam fábricas e cortaram produção depois do terremoto e tsunami de 11 de março.

A Nissan Motor, segunda maior montadora de veículos do Japão, retomou de forma limitada operações em cinco fábricas no país nesta segunda-feira. A produção de veículos deve começar ainda esta semana.

O Japão enfrenta uma crise humanitária e nuclear após o terremoto de 9 graus de magnitude e o tsunami que atingiram o país. A nação asiática é uma importante produtora de componentes para a indústria global de bens eletrônicos e de veículos.

A Nissan informou em comunicado que vai retomar a produção de autopeças de reposição e componentes para produção no exterior que acontecem nas fábricas de Oppama, Tochigi, Yokohama, Kyushu e Nissan Shatai. A produção de veículos deve começar na quinta-feira e vai continuar até o término dos estoques de peças. A Nissan produz 22 por cento de seus veículos no Japão.

A Toshiba divulgou que a produção segue interrompida em uma fábrica em Iwate que produz sistemas de chips LSI para microprocessadores e sensores de imagem.

A companhia ainda informou que uma linha de montagem no Japão que produz pequenas telas de cristal líquido para celulares inteligentes e outros aparelhos ficará fechada por um mês para reparos em equipamentos.

A Sony não tem certeza sobre quando poderá retomar suas operações. Algumas de suas fábricas produzem para outras companhias, incluindo clientes internacionais.

A Renesas, quinta maior fabricante de chips do mundo, interrompeu operações em oito de suas fábricas e também não tem uma estimativa sobre quando a produção será retomada. A empresa informou que não deverá iniciar a produção nas unidades paradas até que os cortes de energia, que devem durar até o final de abril, diminuam. (G1)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”
Tecnologia

Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”

17/09/2021 13:30
Robô substitui agrotóxicos por laser para remover “ervas daninhas”
Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular
Tecnologia

Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular

13/09/2021 08:30
Empresa cria boné solar, que pode carregar seu celular
Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS
Tecnologia

Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS

08/09/2021 09:30
Barbosinha destaca importância de programa que leva internet para áreas rurais de MS
Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades
Tecnologia

Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades

07/09/2021 16:00
Geladeira Solar é fabricada no Brasil com autonomia de 36 horas sem Sol e já vendeu mais de 2.000 unidades
Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos
Tecnologia

Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos

06/09/2021 13:30
Brasil vai contar com laboratório para testes de baterias de carros elétricos
Últimas Notícias